O técnico #Celso Roth foi apresentado na manhã desta terça-feira no Beira-Rio e não quis fugir da principal mancha do seu passado no clube. Ele falou abertamente sobre a fatídica derrota para o #Mazembe, do Congo, na semifinal do Mundial de Clubes de 2010. Irreconhecível em campo, o Inter, então comandado por Roth, perdeu por 2x0 e foi o primeiro time da América do Sul a perder para um rival africano nessa competição.

A derrota marcou o treinador colorado, que até permaneceu no clube no ano seguinte e só foi demitido em abril de 2011, após um mau início na Libertadores. Curiosamente, ele foi substituído por Paulo Roberto Falcão naquele momento.

Publicidade
Publicidade

Agora a situação se inverte. Para ilustrar a derrota diante do Mazembe, Roth usou o exemplo do tenista sérvio Novak Djokovic, que perdeu na primeira rodada do torneio olímpico de tênis para o argentino Juan Martín Del Potro e saiu chorando de quadra.

"Vocês viram o Novak Djokovic nas Olimpíadas? A forma como ele saiu desolado de quadra? É assim que funciona, as coisas são assim no esporte. Só se aprende com a derrota. Todas as vezes que perguntam e me questionam sobre o tema Mazembe, eu digo que marca. É claro que marcou aquele jogo. Como outros jogos marcaram outros treinadores, como o Luiz Felipe Scolari, por exemplo. A gente aprende, pensa, revê o jogo e tenta tirar vantagem disso", resumiu Celso Roth.

Ao lado do novo técnico colorado, uma verdadeira força-tarefa de novos - e velhos - dirigentes foram apresentados.

Publicidade

Fernando Carvalho, ex-presidente do clube, e Ibsen Pinheiro, tradicional dirigente de futebol do Inter, também estão de volta ao clube no momento delicado do Brasileirão. O Inter não vence há 11 jogos e se aproxima perigosamente da zona do rebaixamento, separado por apenas dois pontos do Botafogo, o primeiro time do Z4.

O primeiro desafio de Celso Roth em sua volta ao Inter será na segunda-feira que vem, em Chapecó, contra a Chapecoense. Até lá, ele terá uma semana inteira de trabalho para conhecer o elenco e armar o seu primeiro time. #Internacional