Nesta segunda-feira, 08, um gesto de carinho teve repercussão mundial. Uma atleta e uma voluntária da Olimpíada do Rio de Janeiro decidiram selar o amor das duas para todos que estavam no parque olímpico. A atleta do #Rúgbi brasileiro, Sadora Cerullo, mas conhecida como Izzy, foi surpreendida, quando após um evento do próprio esporte acabou sendo pedida em casamento pela namorada. A moça em questão é Enya, que trabalha como voluntárias nos jogos. Quando a Olimpíada chegar ao fim, ela volta à função que a faz ganhar o pão de cada dia, que é  ser gerente de serviços. 

Enya não é só apaixonada pela atleta do rúgbi, mas pelo próprio esporte.

Publicidade
Publicidade

Isso foi fundamental para que a organização da Olimpíada escolhesse ela para fazer a entrega de medalhas para as jogadoras. E assim ela fez, coroando o time feminino da Austrália como o vencedor da medalha de ouro. Não só isso. É a primeira vez que a modalidade é disputada em uma Olimpíada. Ou seja, as atletas acabaram entrando para a história dos jogos, do seu país, que teve alguns problemas antes dos jogos, e também entrando na história da brasileira, que terminou os jogos com chave de ouro.

A atleta do Brasil, é claro, acabou aceitando ali mesmo no parque olímpico o pedido de casamento surpreendente. E não foi um pedido simples não. Após a grande final, quando as jogadoras da Austrália ainda saiam do gramado, Enya pegou o microfone e pediu a brasileira em casamento. A situação chamou a atenção de todos que estavam no estádio.

Publicidade

As duas foram aplaudidas e muito fotografas, já que a imprensa estava em massa no local para cobrir a grande primeira final do esporte. 

O que chamou a atenção mesmo acabou não sendo a medalha de ouro da Austrália, mas sim o pedido de casamento feito ao microfone. De acordo com informações do jornal 'O Globo', sem um anel, a gerente acabou improvisando, e amarrou uma faixa nos dedos da amada e trocou muitos beijos com Izzy. Ou seja, ela não teria planejado tanto assim a situação, o que também provocou muito encanto em todos.  #Rio2016 #LGBT