Uma medalha de ouro é visto por muitos como o principal objetivo de uma Olimpíada, mas será mesmo? Os jogos que valem medalhas, na verdade, apenas servem de motivo de confraternização entre povos. A ideia dos jogos é justamente parar com qualquer guerra e tentar uma amizade entre nações. No entanto, nem sempre é isso o  que acaba acontecendo no calor das competições. Não foi isso o que ocorreu nesta terça-feira, 16, quando o mais belo exemplo da Olimpíada do Rio de Janeiro foi dado até o momento. A celebração mundial teve um momento símbolo de duas atletas rivais, que já merecem a medalha de humanidade 

Nem Bolt, nem Phelps, nem o ouro inédito do Brasil em alguma competição.

Publicidade
Publicidade

O que deve ficar marcado como a imagem da Olimpíada de 2016 foi a queda da atleta de uma das principais seleções de #Atletismo do mundo. Abbey D'Agostino representa os Estados Unidos e durante a disputa dos cinco mil metros feminino acabou se chocando com a neozelandesa Nikki Hamblin. As duas acabaram uma se chocando na outra. Nikki, além de ser derrubada, a neozelandesa ai invés de seguir correndo decidiu ajudar a rival. O momento levou o estádio do Engenhão à loucura, tendo muito barulho com o belo exemplo que ali acontecia. 

A americana foi incentivada a continuar a prova por Hamblin. Machucada, ela teve dificuldade de levantar. Depois foi ela mesma que sentiu a perna e caiu. A americana então fez o mesmo gesto e as duas deram uma a mão a outra. A americana acabou cruzando a linha de chegada, mas esperou sua rival chegar até o final.

Publicidade

Com muitas dores, D'Agostino acabou chegando dois minutos depois da última colocada, em último lugar.

Na linha de chegada, no entanto, quem estava lá era a americana e as duas deram um emocionante abraço. O momento foi tão bonito que a organização da prova decidiu que as duas irão para a final pelo espírito olímpico. Provavelmente a última colocada não deve estar na disputa, pois deixou o estádio de cadeira de rodas. 

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento em que houve a queda e as duas atletas acabam uma ajudando a outra e mostrando a melhor cena da Olimpíada do Rio de Janeiro:

#Rio2016