Uma cena para lá de inusitada chamou a atenção de todos que assistiram à prova da marcha atlética 50km, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (19), na Praia do Pontal.

O corredor francês Yohann Diniz teve um desarranjo intestinal durante a competição e acabou fazendo cocô enquanto corria. Mesmo com os problemas intestinais visíveis – leia e entenda – Yohann continuou na prova.

Mais à frente o francês parou por alguns instantes, mas para quem achava que era o fim, não era. Ele retornou à pista, sofreu um desmaio, mas perseverou até o fim e finalizou a prova com o tempo de 3h46m43, na oitava posição, à frente do brasileiro Caio Bonfim, que correu os 50km em 3h47m02.

Publicidade
Publicidade

Recordista mundial

Yohann Diniz é o atual recordista na marcha atlética – prova em que os competidores não podem tirar os dois pés do chão ao mesmo tempo e, por isso, correm de um jeito diferente.

No momento do acidente desta manhã ele, que já iniciou a corrida com dor de barriga, era o líder da competição. A dor de barriga se materializou no quilômetro 10 da marcha atlética.

A prova

Acidentes e incidentes à parte, a marcha atlética foi vencida por Matej Tóth, da Eslováquia, com o tempo de 3h40m58s. O australiano Jared Tallent, com 3h41m16, e o canadense Evan Dunfee, com 3h41m38, completaram o pódio, respectivamente.

O brasileiro Caio Bonfim foi o oitavo colocado. Além dele, o outro brasileiro que correu os 50km, Jonathan Rieckmann, correu o percurso em 4h01m52, terminando na 29ª posição entre os 49 competidores que terminaram a prova.

Publicidade

Inusitado

A torcida brasileira tem dado um show à parte nos estádios, o escândalo envolvendo nadadores norte-americanos que inventaram uma tal ação policial contra eles e o esgrimista que deixou cair o celular na hora da luta chamam a atenção.

Mas, sem dúvidas, o sofrimento vivido pelo francês nas ruas do Rio de Janeiro é o momento mais bizarro desta edição dos Jogos Olímpicos. Dor de barriga já é ruim quando você está sozinho, no banheiro, imagina  na rua, em uma competição, sendo vista por milhões de pessoas pela TV. #rio 2016 #yohann diniz cocô #atleta francês dor de barriga