Nesta sexta-feira, 12, aconteceu a cena mais lamentável da Olimpíada do Rio de Janeiro até agora. O judoca egípcio Islam El Shehaby, que luta na categoria acima dos cem quilos, não aceitou apertar a mão do adversário, um israelense. Ele já havia perdido a primeira luta por ippon para o atleta de Israel Or Sasson. Ao ter que lutar de novo com ele, o egípcio protagonizou a cena bem estranha, que rapidamente ganhou repercussão em todo o planeta. Islam chegou a terminar a luta e ir embora sem fazer o cumprimento final. 

O atleta do Egito só fez o cumprimento clássico da finalização da disputa depois que o combatente de Israel deixou o tatame.

Publicidade
Publicidade

Ele então voltou e fez o gesto sob o olhar de espanto do árbitro da disputa. Por conta da atitude, o egípcio foi extremamente vaiado por uma multidão que assistia a tudo na Arena Carioca 2, no complexo do parque olímpico da Barra da Tijuca. 

Shehady, segundo informações do jornal 'O Globo', teria sido pressionado dias antes de lutar para não aparecer na disputa contra Israel. Ele é conhecido por não concordar com várias posições do país rival. Nas redes sociais, muita gente do país do atleta que passou vergonha na Olimpíada mostrava apoio a ele, demonstrando assim o quão importante e diferente é a cultura de cada país. A mídia internacional chegou a dizer que o esportista não faria a luta. Talvez não ter ido representasse uma vergonha menor. 

É o segundo atleta precisa ver a raiva e espírito antidesportivo de seus adversários durante a Olimpíada do Rio de Janeiro.

Publicidade

Outra judoca, dessa vez da Arábia Saudita, simplesmente porque a luta seria contra uma romena. A informação oficial dada pela delegação daquele país é de que a combatente da Arábia teria se lesionado. Na Cerimônia de Abertura dos jogos, que aconteceu no estádio do Maracanã, esportistas da delegação do Líbano já haviam recusado a dividir ônibus com atletas israelenses.

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento histórica da Olimpíada, uma das mais tristes imagens até agora dos jogos da Rio 2016:

#Rio2016