O armênio Andranik Karapetyan passou por momentos difíceis na noite desta quarta-feira, 10. Ele participava da final do levantamento de peso masculino até 77kg. Na segunda vez que ele tentou levantar a quantidade de peso, ele sofreu com o próprio corpo. O que viria a seguir seria impressionante. Enquanto levantada uma carga de peso altíssima, o atleta quebrou o braço esquerdo. No momento da fratura, Andranik Karapetyan tentava levantar incríveis 195 kg. Isso é mais do que o comum para dois homens adultos, que somadas suas massas corporais não costumam dar essa quantidade de peso. 

O atleta da Armênia começou a urrar de dor depois que o seu braço quebrou.

Publicidade
Publicidade

Ele precisou ser amparado pela equipe médica da Rio 2016. Até a publicação dessa reportagem, a prova que ele disputava ainda não havia acabado. Após o atleta sofrer o acidente em seu corpo, o público e até treinadores taparam o rosto para não ver a cena. De acordo com informações do site Globo Esporte, ele foi levado rapidamente para uma ambulância. De lá, encaminhado para  um hospital próximo do Riocentro, na Barra da Tijuca. 

Não há informações sobre o estado de saúde do atleta até a publicação da reportagem

O homem que mais carregou peso na história participou de outra categoria da enfrentada pelo Armênio e bateu o recorde mundial masculino no ano de 1999. Naquele ano, ele levantou inacreditáveis 430 kg. Desde então, esse recorde jamais foi batido

Outro acidente que chocou

Não é o primeiro acidente que acontece nessa Olimpíada. Um atleta francês da Ginástica acabou errando um passo após realizar um salto e fraturou a perna.

Publicidade

Ele está bem e disse que pretende disputar a Olimpíada de Tóquio, no Japão.  Outra atleta do ciclismo de estrada, que liderava a prova, acabou perdendo o controle de sua bicicleta e bateu de cara no meio fio ao disputar a prova na vista Chinesa. Apesar do susto, os ferimentos dela não foram muito graves. 

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento que o atleta  da Armênia quebra o braço durante sua participação na Olimpíada do Rio de Janeiro:

#Rio2016