Ainda emocionado com a medalha de ouro conquistada pelo #Futebol masculino do Brasil, na noite deste sábado (20), Neymar deu entrevista para a Globo. Ele agradeceu aos amigos, familiares e companheiros, que estiveram com ele durante o momento difícil e o apoiaram.

Neymar também disse que eles foram muito criticados nos dois primeiros jogos, mas que responderam com futebol, como tem que ser. Para finalizar, ele lembrou a famosa frase dita por Zagallo e disse: “Agora vão ter que me engolir”.

O jogador, em seguida, deixou a entrevista e foi se preparar para receber a medalha de ouro das olimpíadas 2016.

O jogo, que acabou nos pênaltis, teve uma defesa de Weverton, goleiro nascido no Acre, que defendeu a quinta cobrança da Alemanha.

Publicidade
Publicidade

Em seguida, Neymar, que fez o único gol do Brasil durante a partida, fez a cobrança e converteu. Weverton e Neymar ficaram marcados na história da #Seleção Brasileira.

"É muito especial, agradeço muito a Deus, da forma que foi, nos pênaltis, da forma que foi, com muita luta, depois de um começo difícil", disse o técnico Rogério Micale, após a vitória da seleção brasileira.

Esta foi a primeira medalha de ouro da seleção brasileira na história das olimpíadas. A seleção já havia conquistado medalhas de prata por três vezes, em Los Angeles 1984, Seul 1988 e Londres 2012. A seleção brasileira também já conquistou o bronze em duas ocasiões: Atlanta 1996 e Pequim 2008.

Veja o vídeo de Neymar falando "Agora vão ter que me engolir"

Ficha técnica: Brasil x Alemanha

Data: 20 de agosto de 2016 (sábado)

Horário: 17h30 (horário de Brasília)

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Alireza Faghani (IRN)

Assistentes: Reza Sokhandan e Mohammadreza Mansouri (IRN)

BRASIL: Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace e Renato Augusto; Gabriel Barbosa, Luan e Gabriel Jesus; Neymar.

Publicidade

Técnico do Brasil: Rogério Micale

ALEMANHA: Horn; Toljan, Ginter, Süle, Klostermann; S. Bender, Brandt, L. Bender, Meyer, Gnabry; Selke.

Técnico da Alemanha: Horst Hrubesch