Quem achou que Marta se aposentaria do #Futebol feminino com uma medalha de ouro em Olimpíada estava enganado. A seleção brasileira tentou até os últimos minutos, mas não conseguiu vencer a Suécia, que atacou com força as meninas verde e amarelo. O retorno ao Maracanã não foi feliz para elas. Após nove anos de conquistar no mesmo local o Campeonato Panamericano de 2007, a equipe da capitã Marta não conseguiu furar as suecas nesta terça-feira, dia 16 de agosto, e perderam o jogo nos pênaltis por um desempate histórico.

O jogo se desenrolou em um total de 120 minutos de muito suor e garra das meninas da seleção, que jogaram diante um público de mais de 60 mil pessoas que lotaram o estádio.

Publicidade
Publicidade

Dentre as 11 jogadoras, também participaram "Formiga", que foi aplaudida em muitos momentos por sua disposição de atleta e goleira Bárbara, que tentou, mas não conseguiu agarrar os chutes das adversárias.

A disputa se manteve no zero a zero durante os dois tempos e a prorrogação de trinta minutos, além dos acréscimos. Nos pênaltis, a Suécia levou a melhor.

Contudo, ainda há chance dos brasileiros conquistarem uma medalha no esporte, já que o ouro foi impossibilitado. O bronze será disputado com quem perder no jogo Alemanha x Canadá, que acontecerá hoje, às 16h, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

As câmeras do Comitê Olímpico Internacional filmaram muitas pessoas que estavam no estádio após a partida. Foi possível ver muitos torcedores desolados, pois adotaram como xodó das #Olimpíadas no Brasil a capitã Marta, que chegou a ser comparada a Neymar.

Publicidade

Uma das marcas destes jogos foi o grito de guerra: "Marta é melhor do que Neymar", que colou nas redes sociais e virou meme.

A partida

O Brasil já começou o jogo prejudicado, sem a presença de Cristiane no campo, que é considerada por especialistas do futebol como a maior artilheira em Jogos Olímpicos. A atleta marcou 14 gols no total, mas foi abalada por um ferimento na coxa, que a impediu de participar da partida desta vez.

Como nenhum dos times conseguiu marcar durante a partida, foi necessário usar os pênaltis. Marta e Schelin marcaram nas primeiras cobranças havendo depois dois empates e o jogo foi decidido por um gol da Suécia não agarrado pela goleira brasileira. #Rio2016