Cerca de 4 mil torcedores fizeram o dia de sábado mais animado no Estádio de Cachoeira de Macacu, na final de mais um campeonato promovido pela Copa Evangélica de Futebol do Rio de Janeiro – CEF-RJ.

Os jogos aconteceram entre jovens e veteranos. Cerca de 600 equipes participaram da campanha esportiva que acontece sempre no primeiro semestre do ano.

A equipe FJU-RJ, da Igreja Universal, conquistou o primeiro lugar, sagrando-se campeã. Na categoria Sub-39, o Centro Evangelístico Internacional de Alcântara – CEI Alcântara, também levou a melhor, o que aconteceu também com o Ministério Caminho do Milagre na categoria Master.

Publicidade
Publicidade

Segundo o presidente da CEF, o ex-atleta Bruno Brito, que jogou em clubes famosos, como Fluminense e Boa Vista de Portugal, o evento esportivo superou as expectativas. “O #Futebol é uma ferramenta de evangelismo. E este é nosso propósito nestes jogos que realizamos”, afirmou Brito, acrescentando que o evento foi um sucesso e surpreendeu a todos os participantes.

O treinador da equipe do CEI do Alcântara, Valmir Monteiro, disse estar emocionado pela conquista inédita na Superliga e descarrega: “O título que a gente conquistou foi muito gratificante, porque é a primeira vez que eu atuo como técnico de um time. A gente conseguiu com a ajuda de Brito a formar um elenco muito forte. E tinha que ser assim porque a competição era muito forte”, considerou Valmir.

A solidariedade faz gol de placa

Perto de completar nove anos de existência, a CEF-RJ foi criada em nove de setembro de 2007 com o objetivo de valorizar os atletas do mundo gospel através de eventos esportivos.

Publicidade

Alguns desses eventos acabam tendo destaque e entram para a história da Copa, alcançando grande projeção. Foi o caso do Futebol da Solidariedade, realizado pela Andef – Associação Niteroiense de Deficientes Físicos, que aconteceu no sábado, dia 20, que valeu um quilo de alimento não perecível.

“A ideia surgiu a partir do Anderson, atleta paralímpico da Andef, unindo a Seleção Evangélica com a Seleção de Amputados. A ideia é levar essa mensagem de paz, através do futebol, além de amor ao próximo e inclusão social humanitária”, explicou Brito.

Os atletas da CEF-RJ agora se preparam para o Intermunicipal da Copa a ser realizado no Centro Esportivo Agro-Brasil, em Sambaetiba, Cachoeira de Macacu. O evento está previsto para o dia 1° de outubro.           #PaixãoPorFutebol