O técnico Levir Culpi ganhou mais uma opção para o restante da temporada. Na manhã desta quinta, o meia argentino Claudio Aquino teve seu nome registrado junto ao Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e já pode entrar em campo normalmente pelo Fluminense. Dessa forma, crescem as possibilidades de ele ser relacionado para o compromisso de domingo, às 16h15 (de Brasília), no Gigante da Beira-Rio, em Porto Alegre, diante do Internacional, válido pela rodada de encerramento do primeiro turno do Brasileirão.

Com 25 anos, Aquino nasceu em Adrogué, região metropolitana de Buenos Aires, capital da Argentina.

Publicidade
Publicidade

Iniciou a sua carreira em 2009 no Ferro Carril Oeste. Na temporada de 2012, vestiu a camisa do Defensa Y Justicia, onde ficou até 2013, transferindo-se, na sequência, para o Godoy Cruz, onde viveu a sua melhor fase. Em 2015, foi contratado pelo Independiente. No clube de Avellaneda, viveu altos e baixos. Mesmo assim, chamou atenção da diretoria do #Fluminense e veio para as Laranjeiras. A princípio, firmou um contrato de empréstimo com o Tricolor até meados de 2017. Ao final desse período, agradando, poderá ter seus direitos federativos adquiridos pelo time carioca de maneira definitiva.

Claudio Aquino integrou um pacote de #Reforços. Outros cinco jogadores desembarcaram na sede de Álvaro Chaves nesse segundo semestre. Para o meio, o clube trouxe Danilinho (ex-Atlético-MG), Alexis Rojas (revelação do Paraguai), além de repatriar Marquinho, integrante do elenco campeão brasileiro de 2010 e que estava no futebol italiano.

Publicidade

Os atacantes Wellington (atleta formado nas categorias de base do próprio Fluminense e, há seis anos, atuava na Inglaterra) e Henrique Dourado (ex-Cruzeiro e Palmeiras) completam a lista de reforços do Tricolor.

Depois de um momento claudicante, o Flu, ao que parece, vem retomando os trilhos. Na Copa do Brasil, está nas oitavas-de-final e, a partir do próximo dia 31 de agosto, tentará avançar no torneio, enfrentando o Corinthians. Já pelo Brasileirão, ocupa, no momento, o nono lugar e, se vencer o Internacional, ficará mais perto e brigar por uma vaga no G-4, grupo que assegura presença na Libertadores do ano que vem. #PaixãoPorFutebol