De uma forma surpreendente, Adrien, tal como Slimani e João Mário, anunciou a sua despedida do Sporting. Em conversa telefônica com o jornal “O Jogo”, Adrien revelou que o seu próximo clube será o atual campeão inglês, o Leicester City, acompanhando assim Slimani, que também vai sair do Sporting para o Campeonato inglês. Apesar de garantir que ainda ama o Sporting, Adrien sente que esse momento é o ideal para garantir dar o grande salto esportivo e financeiro da sua carreira.

Ao contrário do que era previsível, o Sporting não vai vender um dos seus melhores jogadores, mas sim pelo menos três. Com a confirmação do negócio histórico de João Mário para o Inter de Milão, foram necessários apenas mais alguns dias para as duas grandes estrelas do clube português, Slimani e Adrien, também se despedirem, de forma definitiva, do time português, prejudicando e humilhando o atual projeto esportivo do clube leonino.

Em forma de comunicado para a imprensa, Adrien falou abertamente com os jornalistas do jornal “O Jogo” para anunciar a sua inesperada saída para o Campeonato inglês.

Publicidade
Publicidade

“O projeto do Leicester corresponde aos meus objetivos de carreira. Este é o momento de viver outra experiência futebolística”, revelou Adrien durante a longa conversa, garantindo que Bruno de Carvalho nunca colocou nenhum entrave para a sua transferência, mesmo sabendo da enorme importância que o jogador português tem no plantel atual do Sporting.

Nas redes sociais, muitos portugueses, sobretudo sportinguistas, garantiram que estão em choque pela forma como Adrien revelou a sua saída em cima do prazo de transferências na Europa, não deixando praticamente tempo nenhum para que o seu clube de coração conseguisse substituir a sua saída com algum jogador que pudesse ter um nível semelhante a Adrien. Tal como acontece com Slimani, a confirmação oficial da saída de Adrien para o Leicester City deverá ser realizada nos próximos dias, faltando apenas resolver alguns detalhes e percentagens das duas transferências, que podem facilmente chegar aos 30 milhões de euros cada uma.

Publicidade

#Negócios #Futebol Internacional