Depois de um início bem preocupante, especialmente para o seu torcedor, o #Fluminense vem reagindo no #Campeonato Brasileiro e, no domingo, foi ao Gigante do Arruda, no Recife, para conquistar mais uma importante vitória na competição: 1 a 0 sobre o Santa Cruz, gol de Henrique Dourado, aos 30 minutos do primeiro tempo. Para Danilinho, devido ás ambições da equipe carioca, o resultado alcançado fora de casa deve ser bastante valorizado, mesmo diante de um adversário que luta contra o rebaixamento.

"Sabíamos que seria difícil, o campo estava muito pesado, mas a gente conseguiu uma vitória importante, queremos nos aproximar do G-4.

Publicidade
Publicidade

Estamos em busca de uma sequência positiva na competição", resumiu o experiente atacante de 29 anos, ex-Atlético-MG e que, desde quando chegou do Jaguares, do México, na última janela de transferências internacionais, foi titular pela primeira vez no Fluminense, substituindo Marcos Júnior, que não pode atuar por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

O resultado positivo na capital pernambucana leva o Tricolor a atingir a marca de quatro jogos invicto no Brasileirão. Antes, a equipe das Laranjeiras havia derrotado a Ponte Preta (3 a 0, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro) e o América-MG (1 a 0, no estádio Kléber Andrade, na cidade de Cariacica, localizada nos arredores de Vitória, no Espírito Santo), além de ter ido ao Beira-Rio, em Porto Alegre e conseguido um empate de 2 a 2 com o Internacional.

Publicidade

Graças a essa sequência, o Flu ocupa, atualmente, o oitavo lugar da principal competição do futebol nacional com 31 pontos, cinco a menos em relação ao Santos, no momento, o último dos quatro classificados para a Taça Libertadores do ano que vem.

Liberado, o elenco do Fluminense se reapresenta na quarta, as 15 (de Brasília), nas Laranjeiras. No domingo, a agremiação carioca terá uma dura missão: encarar o líder Palmeiras. Atendendo a uma determinação do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) do Rio de Janeiro de não ver jogos dentro do respectivo estado durante o mês de agosto, o Tricolor exercerá o seu mando de campo no Mané Garrincha, em Brasília. #PaixãoPorFutebol