Neste domingo, 14, aconteceu a grande final do solo da ginástica artística brasileira. Dois brasileiros acabaram subindo ao pódio, ficando na segunda e na terceira colocação dos jogos. Até o momento, esse foi o ponto alto do pódio. No segundo lugar acabou ficando o veterano Diego Hypólito. Já o terceiro lugar acabou estando com Arthur Mariano, que depois de um episódio polêmico passou a usar o nome Arthur Nory. O resultado para muitos era inacreditável. Muito da boa colocação dos brasileiros foi graças à torcida, que colocou pressão nos adversários do Brasil, que acabaram cometendo diversos erros. Esse é o melhor resultado da ginástica em uma Olimpíada.

Publicidade
Publicidade

O bom resultado dos brasileiros ajudou o país a melhorar um pouco o número de medalhas conquistadas. Até o momento, foram agora seis medalhas conquistas, 1 de ouro, duas de prata e três de bronze. Durante a transmissão feita pela Rede Globo de Televisão, Daniele Hypólito acompanhou a vitória do irmão. Antes mesmo de ser confirmado sequer o bronze, ela já chorava bastante. O atleta também se debatia no chão em tom emocionado.

Durante o pódio, Arthur bateu continência, mostrando que é um atleta das Forças Armadas. A torcida vibrou bastante e os dois esportistas choraram horrores. Em entrevista à TV Globo, Hipólito disse que chegou a pensar em desistir dos jogos. "Na minha primeira olimpíada eu caí de bunda, na segunda de cara e nessa de pé", disse ele contando um pouco de sua história extraordinária em três jogos militares. 

Glenda, que fazia a narração pela TV Globo, começou a chorar ao vivo ao falar da dificuldade dos atletas em passar por tantas dificuldades.

Publicidade

"Eu vi de perto tantos momentos difíceis", disse ela.  #Ginastica #Rio2016