Os torcedores do Fluminense da Baixada, ao que parece, não ficarão privados de ver a sua equipe tentar sair em vantagem nas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Pouco tempo depois do sorteio realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na manhã desta terça, o diretor de competições da entidade, Manuel Flores, em entrevista concedida ao programa "Momento Esportivo", da Rádio Brasil, do Rio de Janeiro, praticamente assegurou que, para não prejudicar o Tricolor Carioca, o confronto de ida da fase do segundo torneio mais importante do futebol nacional será adiado em uma semana, ou seja, do dia 24 para 31 de agosto.

"Os clubes do Rio, infelizmente, tem a restrição da Polícia Militar devido á Olimpíada.

Publicidade
Publicidade

Não temos como utilizar estádios no mês de agosto. Temos uma carta na manga que é o dia 31 de agosto e utilizaremos para os times do Rio. A expectativa é essa. Se é da vontade do #Fluminense em jogar nesse estádio, faremos o possível para que isso ocorra", explicou o dirigente de maneira resumida.

A alteração na data do clássico deverá ser oficializada na quarta. Já a partida de volta está marcada para ocorrer apenas no dia 21 de setembro, na Arena de Itaquera, em São Paulo. Internacional X Fortaleza, Santos X Vasco, Cruzeiro X Botafogo, Palmeiras X Botafogo-PB, São Paulo X Juventude, Atlético-MG X Ponte Preta e Grêmio X Atlético-PR são os outros confrontos das oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Fluminense e #Corinthians já se enfrentaram na atual temporada. No último dia 06 de junho, ambos fizeram um dos duelos da oitava rodada do Campeonato Brasileiro e, diante de 21.148 presentes ao Mané Garrincha, em Brasília, gerando uma renda de R$ 994.960,00, o Tricolor, com um gol de Cícero, de pênalti, aos 16 minutos do segundo tempo, derrotou o rival pelo placar de 1 a 0.

Publicidade

Era o primeiro compromisso da agremiação das Laranjeiras sem a presença do centroavante Fred, negociado, alguns dias antes, para o Atlético-MG. O Timão também tinha uma ausência bastante sentida. Depois de três anos, Tite havia deixado a equipe paulista na véspera para assumir a Seleção Brasileira.  #PaixãoPorFutebol