Após serem surpreendidos na última segunda, a dupla brasileira formada por Alisson e Bruno Schmidt garantiu, nesta tarde de quarta, presença nas oitavas-de-final do torneio de vôlei de praia masculino das Olimpíadas do Rio de Janeiro ao derrotarem os italianos Rangieri e Carambula por 2 a 0.

Um lance no primeiro set quase acabou com o sonho dos anfitriões. Depois de saltar para bloquear, Alisson caiu de mau jeito e precisou deixar a quadra a fim de receber cuidados médicos. Para alívio da torcida, que enfrentou a leve garoa e veio em bom número, ele se recuperou e teve atuação decisiva na vitória por 21/19.

Invictos até então, Rangieri e Carambula entraram no segundo período dispostos a mostrarem as suas forças.

Publicidade
Publicidade

No entanto, Alisson e Bruno não se intimidaram e simplesmente atropelaram, fechando o confronto em 21 a 16.

Após o encerramento da partida, Carambula revelou que se sentiu muito mal e atuou no sacrifício.

"Eu estou morrendo. Acordei péssimo, com muita febre, vomitando muito. Não sei por que estou assim, talvez alguma comida estragada que comi. Estou muito mal. Preciso voltar ao hotel para voltar tomar um ducha de água quente para ver se melhoro. Estou muito enjoado", disse o atleta.

Com esse resultado, a dupla Alisson/Bruno Schmidt chegou aos mesmos cinco pontos de Rangieri/Carambula e necessita aguardar o confronto das 0h (de Brasília) entre os austríacos Doppler e Horst diante de Binstock e Schacter, do Canadá para saber qual será a sua posição do Grupo A da Rio 2016. Lembrando que os dois primeiros de cada chave, mais os dois melhores terceiros lugares no cômputo geral, avançam para as oitavas-de-final.

Publicidade

Nos torneios de vôlei de praia (masculino e feminino), as duplas que vencerem os jogos recebem dois pontos, enquanto os perdedores ficam com apenas um ponto. Caso duas ou mais equipes tenham a mesma pontuação, são utilizados, como critérios de desempate, confronto direto e, persistindo a igualdade, a média de pontos, ou seja, o resultado da divisão dos pontos marcados pelos sofridos. #Beach Volley #Rio2016 #Esportes