Os péssimos resultados obtidos pela seleção brasileira de #Futebol masculino só serviram para fortalecer o amor que o torcedor brasileiro vem sentindo pelo time feminino e nem os 4 a 0 serviu para deixar os meninos de bem com a torcida. A seleção feminina do Brasil já tem o título de favorita para o "Rio 2016" e mesmo que não fique com a medalha de ouro já deixou claro o quanto elas se entregam ao esporte, enquanto que eles mostram um futebol que tem deixado muito a desejar.

A seleção feminina começou as #Olimpíadas marcando gols, mostrando um futebol alegre e nesta última disputa mostrou que é capaz de emocionar o torcedor, como antigamente.

Publicidade
Publicidade

Marta e companhia deixaram o brasileiro sem fôlego durante a cobrança de pênalti, mas saíram do campo vitoriosas e em casa, enquanto respirava aliviado, o torcedor relembrava a época em que o Brasil era considerado como o melhor com a bola em campo.

Ao contrário, Neymar e companhia tem sido só decepção. Os dois primeiros jogos, contra a África do Sul e Iraque, serviram para mostrar que o país não tem uma seleção masculina e que nem a presença do craque consegue mais intimidar os adversários. A vitória contra a Dinamarca não teve um sabor de comemoração, mas de alívio, pois ninguém mais acredita que o time seja capaz de ficar ao menos com uma medalha de bronze.

Os protestos nas arquibancadas, o garoto que riscou o nome de Neymar da camisa e escreveu o de Marta, os memes nas redes sociais pedindo aos homens para jogarem como as mulheres, tudo isto tem servido para mostrar o quanto cresce a indignação do torcedor em relação aos "meninos" e na mesma proporção vem crescendo a admiração e o respeito pelo futebol das "meninas".

Publicidade

Tem crescido nas redes sociais o número de postagens mostrando a grande diferença entre o salário pago aos jogadores para o das jogadoras, sendo que os homens faturam muito mais, entretanto, dentro de campo, são elas que estão conseguindo emocionar a torcida e mostrar que o Brasil é o rei do futebol, ainda que seja com a bola nos pés das mulheres. #Rio2016