O que era para ser uma cerimônia comum nessa quinta-feira (25) com o sorteio das equipes que irão participar da Liga dos Campeões da Europa acabou se transformando numa polêmica com ampla repercussão nas redes sociais. O episódio mais marcante do evento teve como protagonista o ex- lateral do Real Madrid e da Seleção Brasileira, #Roberto Carlos. Convidado para escolher uma das bolinhas para a fase de grupos da Champions League, Roberto Carlos escolheu uma bola, mas em seguida voltou a colocá-la juntamente com as outras. Teoricamente isso seria um procedimento normal dentro do sorteio, mas essa atitude do  ex- jogador gerou suspeitas sobre uma possível armação.

Publicidade
Publicidade

O jornal inglês The Sun considerou questionável a ação de Roberto Carlos taxando-a de, no mínimo, suspeita. O apresentador do evento de sorteio dos grupos da Champions League no ato chegou a fazer uma brincadeira com o ex-jogador brasileiro perguntando se ele teria mãos quentes. Como se não entendesse a indagação do apresentador, o ex-lateral respondeu apenas que tentaria mover as bolinhas como o holandês Clarence Seedorf.

A atitude de Roberto Carlos poderia ser encarada como uma ação natural não fosse a entrevista concedida em junho passado pelo ex-presidente da FIFA, Joseph Blatter denunciando que a UEFA direciona os sorteios de suas competições. 

Em junho, em entrevista ao jornal argentino "La Nación", Blatter afirmou que a UEFA direcionava os sorteios de suas competições valendo-se de "bolinhas frias".

Publicidade

Dessa forma a pessoa encarregada de sorteá-las saberia antecipadamente que as "quentes" deveriam ser as escolhidas. 

Tão logo as imagens do sorteio chegaram ao conhecimento do público houve uma enxurrada de protestos nas redes sociais. Os internautas se mostraram bastante contrariados com o episódio. A maioria não hesitou em afirmar que o sorteio dos grupos da Champions League havia sido fraudado para beneficiar grandes clubes como Real Madrid e Barcelona. No entanto, nem o ex-jogador Roberto Carlos ou a organização do evento deram maior ênfase para o incidente.

Assista o vídeo:

#Liga dos Campeões #Futebol Internacional