E o Internacional, menos de 30 dias após ter anunciado a contratação de Falcão, está a procura de um novo técnico. Através de uma nota oficial o clube comunicou a demissão do treinador colorado nesta segunda-feira. Esta foi a terceira passagem de Paulo Roberto Falcão pelo Inter e também a fase onde permaneceu menos tempo no cargo. 

Na sua primeira experiência como treinador, ainda na década de 90, Falcão treinou o Internacional durante 17 partidas. Em 2011 permaneceu no cargo por 19 jogos e agora em 2016, Paulo Roberto Falcão teve uma passagem meteórica comandando o seu clube do coração onde iniciou desde as categorias de base e acabou se tornando um dos maiores ídolos. 

Curiosamente, ontem após o empate em 2x2 contra o Fluminense no Beira-Rio, o ex-técnico colorado revelou que havia assinado o contrato com o Internacional apenas no sábado passado.

Publicidade
Publicidade

Falcão treinou o Inter no Brasileirão por cinco partidas. Foram três derrotas e dois empates. A sequência de 11 partidas sem vitórias que o clube vinha atravessando desde o período de Argel Fucks

À partir da demissão do Paulo Roberto Falcão surgem especulações a respeito do seu sucessor. Um dos nomes que ganha mais força nos bastidores é o de Celso Roth que já treinou o Internacional em outras oportunidades. Roth não conta com a aprovação da maioria dos torcedores colorados, pois apesar de ter sido campeão da Libertadores em 2010, ficou marcado em sua carreira a derrota para o Mazembe no Mundial de Clubes. 

Porém, em um momento em que o Internacional tem grandes problemas defensivos, onde a equipe sofre gols em todas as partidas, Celso Roth aparece como solução na medida em que tradicionalmente monta equipes que sofrem poucos gols.

Publicidade

Em função disto, Roth é tido e havido por muitos como sendo um treinador retranqueiro.

Em menos de um ano esta é a terceira troca de técnicos no Internacional que no final de 2015 demitiu Diego Aguirre, após o uruguaio levar o time até a semifinal da Libertadores da América.

Argel o sucedeu prometendo um time mais "sanguíneo", pois o estilo polido de Aguirre não era visto com bons olhos por alguns dirigentes. Argel Fucks conquistou o Gaúchão e iniciou bem o Brasileirão tendo colocado o Internacional na liderança por algumas partidas.  No entanto, lesões e uma mudança constante de esquema tático acabaram por mudar completamente o rendimento da equipe. 

Como é de praxe no futebol brasileiro, agora o Internacional vai atrás de um treinador que lhe dê soluções mágicas com resultados positivos, utilizando os mesmos jogadores que não deram certo com os técnicos que passaram pelo Inter em 2016. Tem tudo para dar errado novamente, mas #Futebol é resultado, se o novo técnico vencer está tudo certo.  #Sport Club Internacional #Campeonato Brasileiro