Uma das mais badaladas contratações do mercado internacional nos últimos meses finalmente teve um desfecho. Gabriel Jesus, atacante do #Palmeiras e da Seleção Olímpica Brasileira, foi anunciado oficialmente nesta quarta-feira (03) como novo reforço do Manchester City. O jogador deverá se transferir para o seu novo clube no final de 2016.

Durante os últimos meses, o menino Jesus, como chamavam os espanhóis, chegou a ser especulado por Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, Manchester United, mas acabou mesmo no Manchester City. O Palmeiras e clube inglês formalizaram a negociação nesta quarta-feira. Gabriel Jesus custou aos cofres do Manchester 121 milhões de reais (cerca de 32 milhões de euros).

Publicidade
Publicidade

O período do contrato será de cinco anos. 

O Palmeiras possui 30% dos direitos federativos do atacante, enquanto que os outros 70% restantes pertencem a seus empresários e ao próprio Gabriel Jesus. O clube paulista chegou a possuir 75% dos direitos, mas se viu obrigado a ceder parte deste percentual aquando da renovação de contrato do jogador. No entanto, o clube alviverde paulista ainda enfrenta uma ação na Justiça contra um dos representantes do Gabriel, Fabian Caran, que detém 22,5% dos direitos federativos do atleta.

Diante de tantos clubes interessados, a opção pelo Manchester City foi uma decisão do próprio Gabriel Jesus que manifestou desejo de trabalhar com o treinador Pepe Guardiola. Aliás, há alguns meses o espanhol chegou a ligar para o jogador tentando convencê-lo a jogar no clube inglês.

Publicidade

O episódio desagradou o técnico Cuca do Palmeiras, que na oportunidade criticou a postura de Guardiola.

Embora esteja definido que Gabriel Jesus se transfira para o Manchester City em janeiro, não está descartada a possibilidade de o jogador ficar no Palmeiras até o final do primeiro semestre de 2017, caso o clube paulista se classifique para a Libertadores da América. O próprio jogador já havia declarado que tinha a intenção de ajudar o alviverde na conquista da maior competição de clubes do Continente Americano. #Futebol Internacional