O torcedor carioca deverá, ainda esse ano, reencontrar o seu palco preferido para assistir um jogo de futebol. Informações de bastidores dão conta de que são grandes as possibilidades de o Fla-Flu do próximo dia 12 de outubro, feriado de Nossa Senhora Aparecida, válido pelo Campeonato Brasileiro, ser escolhido para reabrir o Maracanã, que, há quase dois meses, está sob os cuidados exclusivos do Comitê Olímpico Brasileiro.

Inicialmente, o Rubro-Negro tencionava usar o "Maior do Mundo", no entanto não poderá cumprir esse objetivo, pois, nesse período, haverá, no estádio, a cerimônia de abertura das Paralimpíadas do Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade

Os dirigentes dos dois clubes ainda não se pronunciaram sobre o assunto. Até o presente momento, o Tricolor, que, nessa ocasião, será o mandante do "Clássico mais Charmoso do Brasil", indicou a Arena da Amazônia, em Manaus.

Desde o início do ano, o Maracanã tem uso restrito por parte dos times do Rio. Somente nas finais do último Campeonato Carioca, que teve, pela segunda vez consecutiva, o Vasco como campeão, o estádio recebeu a presença dos torcedores. Assim sendo, #Flamengo e #Fluminense buscaram alternativas ao longo do território nacional para cumprirem a sua agenda na temporada, mas esbarraram em outro problema: o desgaste físico por parte dos elencos. A fim de minimizar esse prejuízo, o Tricolor firmou uma parceria com o América-RJ para atuar no Giulite Coutinho, em Édson Passos, no Grande Rio.

Publicidade

Enquanto isso, o Rubro-Negro vem intercalando jogos no Kléber Andrade, em Cariacica, região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo e no Mané Garrincha, em Brasília.

Mesmo com a ausência do Maracanã, a dupla Fla-Flu vem tendo bom rendimento no Brasileirão. Somando 37 pontos, a agremiação da Gávea ocupa, no momento, o quarto lugar e é uma das reais candidatas ao título. Já a equipe das Laranjeiras reagiu depois de um início preocupante e, com 31 pontos, está na oitava posição, tentando uma vaga no G-4, o que asseguraria presença na Taça Libertadores de 2017. #PaixãoPorFutebol