No início da noite desta sexta, o #Fluminense confirmou que, no próximo dia 28 de agosto, às 16h (de Brasília), enfrentará o Palmeiras no Mané Garrincha, em Brasília, pela 22ª rodada, a terceira do segundo turno do #Campeonato Brasileiro. O clássico estadual acontecerá no Distrito Federal porque, obedecendo a uma determinação do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios), o Tricolor não poderá atuar no Rio de Janeiro até o encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016. Existia a possibilidade de o jogo ser levado para a Arena Pantanal, em Cuiabá, mas essa ideia acabou não se concretizando.

Atuar fora da "Cidade Maravilhosa", inclusive, tem sido algo corriqueiro para o Flu nessa temporada.

Publicidade
Publicidade

Sem poder atuar no Maracanã, ele vem exercendo os seus mandos em várias cidades do território nacional, como Cariacica (Espírito Santo), Volta Redonda, Manaus e Natal. Pensando em minimizar o desgaste do seu elenco com tantas viagens, a diretoria da equipe das Laranjeiras acertou uma parceria com o América-RJ para utilizar as dependências do estádio Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, região metropolitana do Rio.

Esta será a terceira vez que o Fluminense atuará no Mané Garrincha em 2016 e, no momento, o saldo é bastante positivo. No dia 23 de março, assegurou a vaga na final da Primeira Liga, torneio que conquistaria posteriormente, ao derrotar, nos pênaltis, o Internacional por 3 a 2, após um empate de 2 a 2 no tempo normal. Quase três meses depois, no dia 16 de junho, o Tricolor encarou o Corinthians pela oitava rodada do Brasileirão e, com gol de Cícero, venceu o time paulista pelo placar de 1 a 0.

Publicidade

Antes do Palmeiras, o Flu enfrentará o América-MG no domingo, às 11h (de Brasília), no Kléber Andrade, em Cariacica e, uma semana depois, irá ao estádio do Arruda, no Recife, para tentar uma vitória sobre o Santa Cruz.

Somando 25 pontos, o Fluminense ocupa, até o momento, o 10º lugar no Campeonato Brasileiro e, se conseguir uma sequência positiva, ficará mais distante da zona de rebaixamento, além de voltar a sonhar com um lugar no G-4, grupo dos classificados para a Taça Libertadores da América do ano que vem. #PaixãoPorFutebol