Na manhã desta quinta, o Fluminense realizou um treino coletivo na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, bairro da zona sul do Rio de Janeiro e deu indícios de qual será o time titular para o confronto de domingo, às 16h (de Brasília), no Gigante do Arruda, no Recife, diante do Santa Cruz, válido pela 21ª rodada, a segunda do returno do #Campeonato Brasileiro.

A expectativa era saber quem seriam os escolhidos pelo técnico Levir Culpi para ocupar as vagas do atacante Marcos Júnior e do volante Cícero, que irão cumprir suspensão por terem recebidos, cada um, o terceiro cartão amarelo na vitória de 1 a 0 sobre o América-MG no último domingo, em Cariacica, no Espírito Santo.

Publicidade
Publicidade

Para o setor ofensivo, o comandante observou, a todo o momento da atividade, o experiente Danilinho, praticamente confirmando a sua entrada. Já no meio, o primeiro a receber uma chance foi Édson. Depois, Marquinho recebeu uma oportunidade.

Durante o coletivo, Wellington se queixou de dores no tornozelo esquerdo, o mesmo local onde, há duas semanas, sofreu uma entorse e saiu antes do fim com o apoiador argentino Claudio Aquino entrando no seu lugar. De acordo com o departamento médico, o atacante não preocupa.

Enquanto o grupo suava a camisa no gramado, uma boa notícia vinha dos bastidores. O #Fluminense entrou em contato com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e obteve sucesso na liberação do volante Douglas, que havia um dos convocados do Tricolor para dois amistosos da Seleção Sub-20 na Inglaterra (o outro foi o atacante Richarlison) no início de setembro.

Publicidade

"A gente sempre procura atender a solicitação da CBF, acho importante para os atletas serem convocados de todas as seleções de base, mas o Fluminense neste momento achou importante que o Douglas permaneça aqui e solicitou a desconvocação, sendo prontamente atendido pela CBF", explicou o gerente-executivo de futebol do clube, Jorge Macedo.

Sendo assim, ele não desfalcará a agremiação carioca nas partidas dos próximos dias 31 de agosto (Corinthians, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil) e 03 de setembro (Figueirense, pelo Brasileirão), ambas no Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, região metropolitana do Rio.

Na sexta, acontece, na parte da tarde, nas Laranjeiras, mais um treinamento do Fluminense, que, com 28 pontos e em nono lugar, ainda sonha com um lugar no G-4 do Brasileiro e, consequentemente, garantir presença na Taça Libertadores de 2017. #PaixãoPorFutebol