Em coletivo realizado na tarde desta sexta, nas Laranjeiras, o técnico Levir Culpi praticamente definiu a escalação do Fluminense para o compromisso de domingo, às 16h (de Brasília), no Gigante do Arruda, no Recife, em Pernambuco, diante do Santa Cruz, válido pela 20ª rodada, a segunda do returno do #Campeonato Brasileiro.

As dúvidas eram quem seriam os escolhidos para substituir o volante Cícero e o atacante Marcos Júnior, que não atuarão por terem recebidos, cada um, o terceiro cartão amarelo no último final de semana (triunfo de 1 a 0 sobre o América-MG no Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo). Para o meio, a opção foi Édson, que formará dupla com Douglas.

Publicidade
Publicidade

Enquanto isso, Danilinho completará o setor ofensivo.

Em entrevista concedida após o treino, Levir reconhece que o time sentirá as mudanças, porém acredita ser possível obter um resultado positivo fora de casa.

"Sempre muda um pouquinho as características dos jogadores dependendo do que vai acontecer no jogo. Mas a ideia é jogar compacto com qualquer escalação", declarou o comandante.

Após cumprir suspensão, Henrique volta ao sistema defensivo no lugar de Renato Chaves. Outra boa notícia ficou por conta de Wellington. No trabalho de quinta, o atacante sentiu um incômodo no tornozelo esquerdo, local onde, recentemente, havia sofrido uma entorse, mas recuperou-se e treinou com bastante desenvoltura, marcando, inclusive, os gols da vitória de 2 a 0 dos titulares. O centroavante Henrique Dourado ainda ficou aprimorando as cobranças de pênaltis.

Publicidade

À noite, a delegação embarca para a capital pernambucana. Não havendo qualquer surpresa de última hora, o Tricolor irá a campo com Diego Cavalieri, Wellington Silva. Gum, Henrique e William Matheus; Édson, Douglas e Gustavo Scarpa; Danilinho, Henrique Dourado e Wellington.

Somando 28 pontos, o #Fluminense ocupa, no momento, o nono lugar no Brasileirão. Se vencer o Santa Cruz, a agremiação carioca manterá as esperanças de lutar por uma vaga no G-4 do principal certame do futebol nacional e, dessa maneira, garantir presença na próxima edição da Taça Libertadores da América.  #PaixãoPorFutebol