Para continuar almejando um lugar no G-4 do #Campeonato Brasileiro, o que asseguraria presença na Taça Libertadores da América de 2017, o Fluminense necessita de uma vitória no confronto de domingo, às 16h (de Brasília), no Gigante do Arruda, no Recife, em Pernambuco, válido pela 20ª rodada, a segunda do returno e, se depender do histórico de partidas contra o seu adversário, tem todos os motivos de ficar otimista. Nos 28 jogos diante do Santa Cruz, o Tricolor das Laranjeiras levou a melhor em 14 oportunidades e sofreu apenas três derrotas. Ainda ocorreram onze empates.

Outro ponto favorável é que a equipe das Laranjeiras não sofre um revés da agremiação coral de Pernambuco desde o longíquo dia 25 de julho de 1999.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, também no Arruda, o Flu, no momento mais dramático de sua história, preparava-se para a Série C do Brasileirão e perdeu um amistoso para o Santa por 3 a 0.

Em 2000, #Fluminense e Santa Cruz se enfrentaram três vezes. As duas primeiras pela Copa do Brasil e, com um empate de 1 a 1, no Recife e uma vitória de 3 a 1, no Rio, o Tricolor das Laranjeiras avançou para a fase seguinte do torneio. Já o terceiro encontro foi o mais impactante. Com um show de Magno Alves, autor de cinco gols, o Flu não teve piedade do Santinha e, em partida da Copa João Havelange (Brasileiro da época), aplicou sonoros 6 a 1 no Maracanã.

O último duelo veio no turno do atual Campeonato Brasileiro. Pela segunda rodada, o Fluminense iniciou perdendo, virou com Gustavo Scarpa e Gum, mas, no fim, acabou levando um gol de pênalti e acabou empatando por 2 a 2.

Publicidade

Graffitte marcou duas vezes em favor do Santa Cruz.

Depois de viver um período conturbado, quando, inclusive, correu o risco de lutar para fugir do rebaixamento, o Flu reagiu no Brasileirão e passou a ter objetivos um pouco mais ambiciosos. Invicto a três jogos, o Tricolor vem de um importante resultado (derrotou, em Cariacica, no Espírito Santo, o América-MG pelo placar de 1 a 0) e, no momento, ocupa o nono lugar na classificação, somando 28 pontos.  #PaixãoPorFutebol