Renaud Lavillenie continua sendo um dos maiores nomes do esporte mundial. O francês veio à Olimpíada do Rio de Janeiro como o homem a ser batido, tendo na carreira o último mundial, o ouro em Londres e o recorde da prova no planeta, 6.16 metros. No entanto, não deu para ele. Nesta segunda-feira, 15, outra estrela acabou brilhando nos jogos olímpicos. Esta foi de Thiago Braz, que fez o melhor salto da vida justamente no momento mais importante do esporte. O jovem de 22 anos pressionou Renaud Lavillenie, colocando o sarrafo a incríveis 6.03, bateu o recorde olímpico e saiu com o segundo ouro da competição. A medalha dele fez o Brasil subir 15 posições no quadro de medalhas. 

Derrotas e vitórias são comuns até entre os atletas mais renomados.

Publicidade
Publicidade

No entanto, o ex-campeão olímpico colocou toda a culpa para ele não ter ido bem justamente nos torcedores brasileiros. Durante a prova, ele reclamou que não houve o chamado 'Fair Play', o chamado jogo limpo, por parte do público. A irritação do francês fez ele ficar de cara feia e não querer dar a volta olímpica ao lado de Thiago Braz e do americano que ficou com a terceira colocação. 

“Isso é para futebol, não para o #Atletismo. Em 1936, o público estava contra Jesse Owens. Não víamos isso desde então. Preciso lidar com isso. Para as Olimpíadas, não é uma boa imagem. Não fiz nada para os brasileiros”, contou o atleta que acabou inevitavelmente comparando brasileiros aos nazistas. A Olimpíada em questão em que Jesse Owens foi vaiado foi a que ocorreu entre as guerras, na Alemanha. O atleta negro dos Estados Unidos acabou calando o estádio, que tinha a presença do líder Adolf Hitler. 

Vendo que exagerou no comparativo, o atleta acabou se desculpando depois, mas já era tarde.

Publicidade

Após não glorificar a prata que ganhara, ele acabou humilhado por brasileiros nas redes sociais. Os internautas começaram a fazer piadas entre a cultura "chique" francesa e a popular, dizendo, por exemplo, que o croissant não é melhor do que o enroladinho de salsicha.  #Salto com Vara