Antes do início dos Jogos Olímpicos, o vírus da zika foi uma das principais preocupações de muitos atletas estrangeiros em relação às #Olimpíadas no Rio de Janeiro, alguns chegaram até a desistir de participar pelo risco de contrair a doença.

A goleira da seleção norte-americana de #Futebol, Hope Solo, chegou a comentar sobre a zika em suas redes sociais demonstrando preocupação. Em uma das postagens, a jogadora chegou a publicar uma foto ironizando o modo como iria se proteger dos mosquitos transmissores do vírus da zika. A brincadeira não caiu bem e gerou certa polêmica da atleta com o público brasileiro.

Mesmo tendo pedido desculpas pelo caso, Solo não foi poupada de vaias e gritos de “Oooo Zika!”  sempre que tocava na bola durante a partida da seleção norte-americana contra a Nova Zelândia pelo torneio de futebol feminino, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, na quarta-feira (3).

Publicidade
Publicidade

Após o jogo, a atleta foi questionada sobre a situação e minimizou o caso dizendo que esse tipo de provocação seria comum com os goleiros. Segundo ela, alguém a informou que os gritos eram alusão a times locais, mas, independente da intenção, não teria ouvido por estar focada apenas na partida. #Rio2016