Rafa está muito próximo de assinar pelo Benfica. Tal como informa o jornal “Record”, Luís Filipe Vieira já iniciou as conversações para a contratação do jovem talentoso português. Contudo, e tal como aconteceu com o rival FC Porto e o clube russo Zenit, o Sporting de Braga apenas aceita negociar a venda de Rafa caso um dos clubes chegue aos 20 milhões de euros da sua cláusula. Sabendo perfeitamente os detalhes do negócio para poder contar imediatamente com Rafa, o Benfica pode protagonizar um dos maiores desvios a um rival na história do futebol português.

Por mais de um ano, muitos rumores de que Rafa Silva iria ser jogador do FC Porto estiveram presentes na mídia internacional, contudo, na hora da verdade, o clube portista não conseguiu fechar o tão desejado negócio, não tendo aceitado as condições apresentadas por António Salvador, presidente do Braga, para a venda de um dos jogadores portugueses mais promissores da atualidade.

Depois de também o Zenit, com o acordo praticamente fechado, não ter conseguido convencer o jogador, a verdade é que o Benfica, que tem acompanhado todos os incidentes com Rafa nos últimos meses, pode muito bem ser o clube que vai conseguir contar com o talento de Rafa Silva para a próxima temporada, que em Portugal já se inicia no próximo final de semana para a Supertaça portuguesa, um jogo que, coincidência ou não, vai juntar os dois clubes que estão negociando a venda do craque, Benfica e Sporting de Braga.

Nas redes sociais, muitos portistas garantem se sentir humilhados pela forma como o seu clube não conseguiu fechar o negócio, permitindo que o seu eterno rival possa protagonizar um dos maiores roubos de um jogador da história da Liga portuguesa, em uma altura em que a hegemonia benfiquista está mais evidente do que nunca.

Publicidade
Publicidade

Tendo conhecimento que bastará uma oferta de 20 milhões para oficializar a contratação, o Benfica apenas poderá estar esperando por mais uma venda substancial para não ter problemas financeiros para ofertar aquele que seria um valor histórico em Portugal. #Negócios #Futebol Internacional #PaixãoPorFutebol