Neste sábado, 06, aconteceu a segunda partida da seleção brasileira de #Futebol feminino na Olimpíada. Marta e companhia enfrentaram a Suécia. Logo no primeiro tempo, as mulheres fizeram história no Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro. Foram três gols, sendo um deles da própria Marta, a jogadora eleita cinco vezes a melhor do mundo. Cristiane também fez um lindo gol de letra, deixando as suecas boquiabertas com tanto talento. Sem nenhuma visibilidade durante o ano inteiro, as meninas lutaram com garra cada minuto, atacando o tempo todo. E olha que elas já haviam tido uma vitória importante no primeiro jogo, quando enfrentaram a China. Novamente o placar foi de 3 a 0. 

O público ficou muito feliz no Engenhão.

Publicidade
Publicidade

Após o gol de pênalti de Marta, o público se rendeu a tanto talento. "A Marta é melhor que o Neymar", gritava a multidão. É bom lembrar que o time masculino já havia pego nesta semana a fraca seleção da África do Sul e só conseguiu um empate. Mesmo com a estrela Neymar, o futebol masculino não tem rendido grandes esperanças de medalhas ou da vitória principal na Copa do Mundo. Aliás, os torcedores não conseguem evidentemente esquecer a derrota por 7 a 1 para a Alemanha em 2014, quando a Copa era realizada aqui no Brasil. 

Vaiado, Neymar não é uma grande estrela da Olimpíada. Ganhando milhões, ele foi ofuscado por Felipe Wu, o primeiro medalhista brasileiro dessa Olimpíada. Os especialistas dizem que é normal o futebol hoje ser mais equiparado. Com grandes torneios no mundo inteiro, novos atletas foram ganhando espaço e o investimento foi feito. 

Enquanto isso, as estrelas brasileiras, ganhando milhões, parecem que deixaram o sucesso subir a cabeça.

Publicidade

Neymar chegou a reclamar em uma rede social que as pessoas não sabiam o que um jogador sofre. Protagonista de várias marcas, Neymar sofre o fato de ser muito rico, ídolo de milhões e queridinho da mídia, até mesmo quando vai mal.  Já Marta, mesmo sendo cinco vezes a melhor do mundo, sequer tem uma camisa oficial da CBF sendo vendida com seu nome.  #Rio2016