O baixinho atleta grego Eleftherios Petrounias, de 1.64cm de altura e com 25 anos de idade, sagrou-se campeão e ganhou a medalha de ouro competição das argolas nos Jogos Olímpicos de 2016 na cidade do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (15). A torcida da casa, no momento em que competia o maior rival de Petrounias, o também talentoso atleta brasileiro, Arthur Zanetti, fez completo silêncio para não quebrar a concentração do seu ídolo nacional na Arena, pois aquela era a hora do seu herói lutar pela medalha olímpica de ouro. 

Por outro lado, eis que é a vez do grego Petrounias desempenhar o seu papel na competição, e parece que, de fato, ao menos nessa ocasião, os caprichosos deuses olímpicos da mitologia da Grécia Antiga optaram para que o atleta que nasceu no berço dos “inventores” das #Olimpíadas se sagrasse campeão.

Publicidade
Publicidade

Aliás, parece que esse resultado estava traçado desde o dia 21 de abril em Olímpia na Grécia, quando a chama olímpica foi acessa e repassada pela atriz grega Katerina Lehou, no papel da grande sacerdotisa, para o ginasta Eleftherios Petrounias, o primeiro a desfilar com a tocha e o seu fogo “sagrado”. 

O valoroso competidor do Brasil, Arthur Zanetti, não fez feio, mas por alguns décimos somente ficou com a 2ª colocação. Petrounias, por sua vez, levou o ouro e se tornou o 3º atleta na ginástica da Grécia a ganhar o título de “senhor das argolas”. O 1º primeiro cidadão e atleta grego a ganhar esse título foi há mais de cem anos, nas Olimpíadas de 1896 em Atenas. 

Petrounias foi o único representante nas Argolas que conseguiu bater a marca dos 16.000 pontos e já tinha ganho anteriormente, na mesma especialidade, o título mundial em 2015 e é o atual campeão europeu do ano de 2016. 

Esse feito trata-se da quinta medalha de ouro olímpica da Grécia na ginástica, quanndo Petrounias desempenhou um papel importante em toda a simbologia que envolve as Olimpíadas do Rio, sendo o primeiro a carregar a tocha olímpica no revezamento entre os atletas que tiveram essa honra. 

A conquista da medalha de ouro foi tão significativa nesse capítulo das Olimpíadas Rio 2016 que o próprio presidente do COI - Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, desceu à pista de competição com o intuito de felicitar pessoalmente ao campeão grego e agora Olímpico, Eleftherios Petrounias.

Publicidade

Vale mencionar que a 3ª posição foi preenchida pelo russo Denis Ablyazin. #Europa #Rio2016

O ranking final foi: 

  1. Eleftherios Petrounias: 16.000
  2. Arthur Zanetti: 15.766
  3. Denis Ablyazin:15.700
  4. Liu Yang: 15.6000
  5. Igor Radivilov: 15.466
  6. você Hao: 15.400
  7. Danny Pinheiro Rodrigues: 15.233
  8. Dennis Goossens: 14.933