A apresentadora do programa "Globo Esporte" da TV Globo, "pagou mico" na tarde desta terça-feira, 16, enquanto entrevistava o atleta campeão olímpico do Salto com Vara Thiago Braz. Ele que foi ouro no atletismo do Brasil na noite de segunda-feira, 15, derrotando o francês Renaud Lavillenie, ainda não havia recebido a medalha no pódio mais alto das #Olimpíadas. No entanto, Fernanda Gentil pediu para ver a medalha, indagando que o rapaz não havia levado o ouro ao programa para ser mostrado. Thiago rebateu dizendo que a premiação só aconteceria a noite durante outras provas do atletismo.

Na ocasião, Fernanda Gentil pergunta pela medalha a Thiago, dizendo que todos os premiados comparecem na atração Global com suas premiações. Braz diz que o prêmio será entregue logo mais a noite (terça-feira, 16).

Publicidade
Publicidade

A apresentadora desconversou meio sem graça e perguntou se no atletismo a entrega de medalhas acontece no dia seguinte a competição. O campeão olímpico explicou que iria receber a medalha à noite, um dia após a conquista.

Na despedida, Fernanda voltou a falar da medalha dizendo para o atleta levar o ouro no programa quando recebe-la para que o Brasil todo possa ver essa bela conquista do atleta. A loira ainda parabenizou Thiago e reforçou o convite para que ele volte ao programa.

Tiago Braz conquista o ouro no Salto com Vara

O campeão olímpico, que derrotou o Francês, Renaud Lavillenie, foi ousado na conquista do ouro no Salto com Vara. Ele, que foi o primeiro atleta brasileiro a ser campeão olímpico nesta modalidade, só alcançou essa meta porque não se satisfez com o segundo lugar e pediu para subirem o sarrafo a uma altura que nunca havia saltado, 6m3cm. A disputa aconteceu no Engenhão na noite da última segunda-feira, 15.

Publicidade

Thiago melhorou seu desempenho como atleta depois de se mudar do Brasil para treinar na Itália com um novo técnico. Em 2014 o saltador deixou Élson Miranda, treinador de Fabiana Murer, para se dedicar aos treinamentos ao lado de Vitaly Petrov da Ucrânia. Foi esse treinador que auxiliou Segei Bubka a quebrar 35 recordes em sua trajetória na década de 80. E ajudou, no começo do século 21, a atleta da Rússia, Yelena Isinbayeva a ser e melhor saltadora do mundo. #Famosos #Rio2016