Segundo análise dos principais especialistas, o Fluminense não figura entre os candidatos ao título do #Campeonato Brasileiro de 2016. Para o atacante Henrique Dourado, em entrevista concedida ao Esporte Interativo no final da tarde desta quarta, logo após o treino que marcou a reapresentação do elenco, nas Laranjeiras, o Tricolor pode se aproveitar dessa situação e conseguir os seus objetivos na temporada.

"Acho que é bom. Deixa do jeito que está. Dentro do grupo estamos bem cientes disso. Estabelecemos uma meta de chegar ao G4", declarou o centroavante, autor dos gols das últimas vitórias sobre o América-MG, em Cariacica e o Santa Cruz, no Recife, ambas por 1 a 0.

Publicidade
Publicidade

No próximo domingo, às 16h (de Brasília), o Flu irá ao Mané Garrincha, no Distrito Federal, para encarar o Palmeiras pela 21ª rodada da competição mais importante do futebol nacional. Consciente das dificuldades de ter o líder pela frente, Dourado pede força para a equipe carioca arrancar mais um resultado positivo.

"O #Fluminense tem planos para o Campeonato Brasileiro e esses planos nos obrigam a vencer os jogos contra rivais que estejam acima da gente na tabela de classificação, que é o caso do Palmeiras, que não lidera o Brasileirão à toa e que conta com todo o nosso respeito", resumiu o camisa 89.

Depois de viver um momento bem conturbado e ficar bem perto da zona de rebaixamento, o Fluminense reagiu e passou a sonhar com a possibilidade de, pelo menos, figurar no G-4, o que asseguraria presença na Taça Libertadores da América do ano que vem.

Publicidade

No momento, a agremiação soma 31 pontos e ocupa o nono lugar na classificação.

Vale ressaltar, porém, que a equipe dirigida pelo técnico Levir Culpi tem um  jogo a menos em relação aos demais participantes do Brasileirão, a ser cumprido no sábado, 03 de setembro, a partir das 16h (de Brasília), no estádio Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro, contra o Figueirense, que não atravessa uma boa fase e luta para permanecer na Série A. #PaixãoPorFutebol