Embora já tenha havido jogos do futebol feminino, masculino e as primeiras disputas do tiro com arco, este sábado (6) é o primeiro dia oficial dos Jogos Olímpicos de 2016. E sete modalidades darão doze medalhas de ouro, 36 no total.

Serão dois pódios no tiro esportivo, na pistola de ar 10m masculino e na carabina de ar 10m feminino. Na disputa masculina, o Brasil tem uma de suas esperanças de medalha. Felipe Wu foi apontado pela publicação norte-americana Sports Illustrated como possível medalhista de prata.

Outro ouro sairá no ciclismo de estrada. O percurso masculino tem 241,5 quilômetros e fechará várias vias da cidade do Rio de Janeiro durante parte do dia.

Publicidade
Publicidade

O circuito foi considerado desafiador para os ciclistas por conta das subidas e descidas no trajeto.

Duas chances de medalha para o Brasil estão no judô, que tradicionalmente dá pódios para o país e tem duas categorias disputadas neste sábado. Sarah Menezes, na categoria até 48kg, e Felipe Kitadai, até 60kg, conquistaram em Londres ouro e bronze, respectivamente, e querem repetir a dose no Rio 2016.

Halterofilismo e esgrima também dão medalhas no sábado

Na categoria 48k feminino, o halterofilismo é presença garantida no primeiro dia de #Olimpíadas. A modalidade está aberta a surpresas depois da exclusão de oito atletas russos e da punição a búlgaros em função de doping.

A esgrima terá disputa por medalhas na espada individual feminina e o tiro com arco tem confrontos entre equipes masculinas.

Publicidade

Nesta última modalidade, o Brasil vai enfrentar a China na competição que começa nas oitavas de final.

Natação dá 4 medalhas em primeiro dia de competição

No dia de estreia do Rio 2016, a modalidade que dará mais medalhas é a natação. As finais estão previstas para acontecerem a partir das 22h03, quando deve ocorrer a disputa pelo ouro nos 400m medley masculino. Às 22h30 ocorre a decisão dos 400m livre, também entre homens, e às 22h49 é a vez das mulheres nos 400m medley.

O dia na piscina se encerra às 23h34, com uma das provas mais emocionantes da modalidade, os 4 X 100m livres feminino. A equipe brasileira entra na piscina na segunda bateria, com Larissa Oliveira, Etiene Medeiros, Daynara de Paula e Manuella Lyrio. #Rio2016