A conquista da Copa Sul-Americana, em 2012, foi o último êxito do tricolor paulista em campo. De lá para cá, o time chegou perto de conquistar alguns torneios importantes como o Brasileirão de 2014, quando ficou com o vice-campeonato - o Cruzeiro foi o campeão naquele ano -, e como neste ano, ao chegar às semifinais da Copa Libertadores da América quando acabou eliminado pelo Atlético Nacional da Colômbia, time que se consagrou campeão desta edição do sul-americano.

Na noite desta quarta-feira, às 21h45, o Soberano entra em campo, no Morumbi, estreando nas oitavas de final da Copa do Brasil, torneio jamais vencido pelo tricolor, contra os gaúchos do Juventude, de Caxias do Sul, time que disputa a série C do Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Publicidade

A missão é vencer em casa pois a torcida são-paulina anda cabreira com as decepções vividas em jogos disputados no Morumbi.

Com o jejum de quatro anos, a pressão pelo sucesso no torneio nacional torna-se ainda mais vigorosa, uma obsessão.

Vencer a inédita Copa do Brasil pode ser um atalho para o São Paulo garantir uma vaga na edição 2017 da Copa Libertadores da América. Sem essa condição, o time terá de lutar para ficar entre os quatro primeiros colocados no Campeonato Brasileiro para ter direito a participar, automaticamente, do torneio sul-americano.

 Atualmente o tricolor está na 11ª posição da tabela do Brasileirão, com 27 pontos, e não tem reagido como se espera de um time campeão como é o caso do Soberano. O desespero chega a bater profundamente quando se olha para a tabela e descobre-se que o primeiro clube na zona de descenso, o Vitória (BA), tem 23 pontos, apenas quatro a menos do que o tricolor paulista.

Publicidade

 O volante Hudson sabe a decepção que terá de enfrentar caso seus companheiros não obtenham êxito na conquista da Copa do Brasil, mas garante que lutarão para que o time quebre o jejum e também o tabu que o São Paulo tem por nunca sagrar-se campeão do nacional.

A situação em que vive o São Paulo, nesta temporada, gera desconforto no elenco e Hudson deixou isso muito claro ao afirmar que não admite que as oscilações do time sejam encaradas como normais, comparando as boas atuações na Copa Libertadores da América com o baixo rendimento no Campeonato Brasileiro.

A única oportunidade em que o tricolor chegou perto de conquistar a Copa do Brasil aconteceu a 16 anos atrás, em 2000, quando ficou com o vice-campeonato. O campeão daquela edição foi o Cruzeiro.

O jogo de volta contra o Juventude (RS) está marcado para o dia 21 de setembro e será realizado no Estádio Alfredo Jaconi, na cidade gaúcha de Caxias do Sul. #Futebol #São Paulo FC #PaixãoPorFutebol