Rafa já anunciou que o seu futuro vai passar pelo Benfica, escolhendo o clube pela enorme capacidade de valorização dos seus jogadores. Tal como informa o jornal “Record”, depois de muitas tentativas do FC Porto para a sua contratação, a verdade é que Rafa nunca demonstrou um enorme interesse em aceitar a proposta do clube do norte de Portugal, tendo também recusado o interesse do Zenit. A mesma publicação garante que o seu futuro está agora decidido, sendo que agora o Benfica apenas terá que convencer o Braga a vender o jogador abaixo do valor da sua cláusula de rescisão, no valor de 20 milhões de euros.

A novela “Rafa”, que tem causado muita discussão e polêmica em Portugal, parece estar finalmente terminada com a escolha do jogador se tornando completamente decisiva para o seu desfecho.

Publicidade
Publicidade

De uma forma humilhante, o jovem jogador português, recente campeão europeu pela sua seleção, recusou o interesse demonstrado pelo FC Porto no último ano, que nunca conseguiu se entender com o jogador apesar da enorme história de conquistas do time.

Assim, e tal como conseguiu fazer com Cervi e Carrillo ao Sporting, Benfica pode conseguir “roubar” um novo craque a um dos seus principais rivais na luta pelo Campeonato Português, que se vai iniciar no próximo final de semana. Rafa, considerado um dos maiores talentos portugueses da atualidade, quer que dar o salto para um grande clube europeu, considerando que o Benfica é a melhor plataforma possível para conseguir atingir esse objetivo, tal como garante o jornal esportivo “Record”.

Em uma altura em que o Benfica conseguiu vencer a Supercopa portuguesa contra precisamente o Sporting de Braga, a torcida benfiquista nem considera ser muito essencial a contratação do jovem talentoso português, garantindo que o time já tem muita qualidade nos seus avançados.

Publicidade

Quanto aos portistas, a maioria garante se sentir humilhados e em choque por um jogador português decidir recusar dessa forma uma proposta do Porto para rumar para o eterno rival da capital portuguesa. #Negócios #Futebol Internacional