Realizado apenas de 4 em 4 anos, os Jogos Olímpicos são uma competição a parte dentro do esporte. A pressão faz com que até mesmo os maiores favoritos sucumbam. 

Relembre algumas das "decepções" desses jogos:

Novak Djokovic

O tenista no 1 do mundo, para títulos, não conseguiu passar da primeira fase e foi eliminado logo no jogo de estreia contra Del Potro. O sérvio saiu aos prantos da quadra

Irmãs Williams

Serena e Venus eram tricampeãs até chegarem ao Brasil. No torneio de tênis da #rio 2016, as irmãs Williams foram eliminadas logo na primeira rodada. Serena também decepcionou na disputada de simples, quando foi derrotada na terceira rodada.

Publicidade
Publicidade

Futebol Masculino da Argentina

Os hermanos figuravam como rivais diretos dos brasileiros pela medalha de ouro mas foram eliminados ainda na primeira fase quando não conseguiu vencer Honduras.

Evandro e Pedro Solberg

A dupla de vôlei de praia era apontada como medalha certa para o Brasil, tanto pelos meios de comunicação especializados como pelo COB, mas decepcionaram. 5º no ranking mundial, ganharam apenas uma das três partidas da fase classificatória, passando em 3º do grupo. Nas oitavas, perderam novamente. 

Ryan Lochte

Uma lista de decepções nas Olimpíadas do Rio de Janeiro não poderia deixar de ter o nadador Ryan Lochte. Tanto dentro das piscinas como fora, o norte-americano foi um fiasco nesses jogos. Além de todo o problema com a polícia envolvendo seu nome, o nadador não disse para que veio.

Publicidade

Com 12 medalhas olímpicas no currículo, Lochte terminou apenas em 5º na prova dos 200 medley, prova essa que ele é atual campeão mundia. Sua única medalha veio nos 4 x 200 livre, quando o revesamento dos EUA conquistou o ouro.