Ao contrário do que se previa, o Sporting e o Inter conseguiram finalmente chegar a um entendimento para o negócio de João Mário. Tal como informa a imprensa italiana, o Sporting apenas vai oficializar o negócio do jovem português depois da partida contra o FC Porto. Ao todo, a proposta do Inter terá sido por volta dos 40 milhões de euros e a troca de Pedro Delgado, que, até agora, não estava envolvido no negócio, mas que pode ter sido essencial para convencer Bruno de Carvalho e contornar todas as questões financeiras que o Inter está enfrentando nesse momento.

Depois de várias semanas de intensas negociações, o Sporting finalmente conseguiu fechar aquela que vai ser a maior venda da história do clube por uma larga margem.

Publicidade
Publicidade

Contudo, e apesar da demora, o Sporting tenciona ainda contar com o jovem jogador português para ajudar no jogo importante contra o FC Porto, sendo que, em caso de vitória, o Sporting passará para a liderança isolada do Campeonato português.

Apesar de não ter sido nunca incluído no negócio, a verdade é que a troca de João Mário por Pedro Delgado, incluindo os 40 milhões de euros, acabou sendo essencial para que ambas as partes conseguissem se entender de uma vez por todas. Como informa o site “Notícias ao Minuto”, o jovem português de 19 anos estava aguardando em Lisboa para que as negociações finalmente fossem concluídas, sabendo agora que vai mesmo preencher no Sporting o lugar que João Mário vai deixar.

Nas redes sociais, muitos portugueses, sobretudo sportinguistas, garantem se sentir humilhados pela forma como Bruno de Carvalho aceitou esse negócio que, para a imprensa italiana, está mais do que fechado.

Publicidade

Muitos sócios consideram que a chegada de Pedro Delgado é somente uma desculpa para a direção sportinguista não ter conseguido chegar aos 45 milhões de euros pelo internacional português, valor que tinha sido uma meta essencial definida por Bruno de Carvalho, mas que acabou não sendo concretizado por causa dos problemas do "teto salarial e financeiro" que o time italiano está atualmente vivendo. #Negócios #Futebol Internacional