O quinto dia dos Jogos Olímpicos chegou ao fim e 26 provas valendo medalhas foram disputadas nesta quarta-feira (10). Confira como ficou o #quadro de medalhas da Rio-2016.

Estados Unidos e China

Norte-americanos e chineses começam a abrir vantagem nas duas primeiras posições do quadro de medalhas. Os Estados Unidos fecharam o quinto dia com onze medalhas de ouro, onze de prata e dez de bronze. A China tem dez de ouro, cinco de prata e oito de bronze.

Na terceira posição aparece o Japão, que já conquistou seis medalhas de ouro, uma de prata e onze de bronze. A Austrália, que vai bem na natação, tem cinco medalhas douradas, duas de prata e cinco de bronze.

Publicidade
Publicidade

A Hungria também tem cinco de ouro, mas apenas uma de prata e outra de bronze, o que a deixa na quinta posição no quadro geral de medalhas.

Brasil

O Brasil ocupa a 17.ª posição no quadro geral de medalhas, com uma de ouro e outra de prata. A medalha dourada foi conquistada pela judoca Rafaela Silva, na segunda-feira (8), e a prateada veio no tiro esportivo, com Felipe Wu, no último sábado (6).

Destaques

Um dos grandes destaques do quinto dia dos Jogos Olímpicos foi a final do individual da geral masculino na ginástica artística. O ouro ficou com Kohei Uchimura, do Japão, que foi surpreendido pelo ucraniano Oleg Verniaiev, medalhista de prata.

A surpresa não se confirmou na ginástica, mas deu às caras nos saltos ornamentais. O ouro foi conquistado pela dupla britânica J. Laugher e C. Mears.

Publicidade

As duplas de Estados Unidos e China ficaram com prata e bronze, respectivamente.

Na natação, Dmitriy Balandin, do Cazaquistão, conquistou o ouro nos 200m peito masculino. Josh Prenot, dos Estados Unidos, ficou com a prata e Anton chupkov, da Rússia, levou o bronze.

O japonês Ippei Watanabe alcançou o recorde olímpico da prova na semifinal, com 2m07s22. Na final, porém, Watanabe ficou na sexta posição. Balandin, o medalhista de ouro, avançou na oitava posição, entre oito competidores, na semi.

Entre os brasileiros, o melhor desempenho do dia foi de Pedro da Silva, sexto colocado na final do caiaque individual – melhor posição alcançada por um brasileiro na competição. #medalhas rio-2016 #Rio2016