A nadadora de nacionalidade francesa Aurélie Muller foi punida depois de ter infringido as regras da maratona aquática das Olimpíadas na tarde de ontem, 15. A nadadora francesa perdeu a medalha de prata e, consequentemente, o seu lugar no pódio.

De acordo com o jornal Record, Aurélie Muller foi desqualificada da prova aquática e a nadadora brasileira Poliana Okimoto beneficiou-se com o castigo aplicado à atleta francesa. Poliana tinha acabado a prova em quarto lugar. No entanto, com a desqualificação da nadadora francesa, que acabou em segundo lugar, Poliana conseguiu subir ao pódio tendo herdado a medalha de bronze. 

No final da prova aquática, a nadadora francesa ainda festejou o seu segundo lugar no pódio, mas logo em seguida apareceu a direção da prova para avaliar o comportamento de Muller e concluíram que a atleta francesa infringiu as regras da competição na luta pelo segundo lugar com a nadadora italiana Rachele Bruni e, por isso, teria de ser desqualificada da prova.

Publicidade
Publicidade

Desta forma, Rachele Bruni subiu para o segundo lugar e a atleta brasileira, para o terceiro.

Há quatro anos, nas #Olimpíadas de Londres, Poliana sofreu uma hipotermia na prova aquática e foi brigada a desistir da competição. A atleta olímpica ainda desmaiou na maratona aquática e teve que ser levada de cadeira de rodas para o ambulatório das Olimpíadas. Desta forma, alguns jornais consideram que esta medalha serviu como uma redenção para a atleta olímpica de nacionalidade brasileira.

Poliana começou sua carreira nas piscinas, mas sem nunca esconder o seu gosto pelas provas mais longas. Mais tarde conseguiu então passar para a maratona aquática, modalidade em que já conseguiu subir várias vezes ao pódio da competição. No Pan do Rio de Janeiro, em 2007, a atleta conseguiu a medalha de prata na maratona aquática.

Publicidade

No entanto, no Mundial em 2013, ela conseguiu várias medalhas na competição e subiu no pódio diversas vezes: ela conseguiu uma medalha de ouro, uma de prata e também uma de bronze.

Assista ao vídeo da disputa pelo segundo lugar na maratona aquática Rio 2016:

 

  #Rio2016