Depois de perder o meia Giuliano, para o Zenit, da Rússia, o #Grêmio convive com a constante preocupação de perder novos jogadores. Quem admite é o próprio técnico Roger Machado, que citou nominalmente os casos de #Luan e #Walace - atualmente ambos integram a delegação da seleção olímpica. O treinador admitiu que os dois jogadores fazem muita falta ao time, isso após o frustrante empate em 0x0 contra o Santa Cruz, na Arena, nesta quinta-feira.

Sem repetir bons desempenhos em rodadas anteriores, o Grêmio decepcionou o seu torcedor que compareceu à Arena nesta quinta. Se vencesse o jogo, o time gaúcho assumiria a liderança graças aos tropeços de Corinthians, Santos e Palmeiras.

Publicidade
Publicidade

Além de admitir a falta que fazem esses dois jogadores, Roger disse que não sabe se poderá contar com o retorno deles.

"Não quero ligar o nosso desempenho irregular com a ausência desses jogadores. Se o Luan faz falta? Claro que faz falta sim. Mas não sei se ele vai voltar para o nosso grupo. E também não sei se o Walace vai voltar. Não estão à venda, mas se algum clube chega com R$ 300 milhões certamente vão sair", alegou Roger Machado, na entrevista coletiva após o duelo diante do Santa Cruz.

De forma reiterada, o presidente gremista Romildo Bolzan Jr garante que só libera Luan por cerca de 30 milhões de euros. Recentemente, o Barcelona demonstrou interesse no jogador para ser uma alternativa de ataque ao badalado trio MSN, formado por Messi, Neymar e Suárez. Walace, por sua vez, é objeto antigo do desejo do futebol italiano.

Publicidade

No entanto, não tem proposta em andamento.

O vice-presidente de futebol Alberto Guerra, também após o jogo de quinta-feira, se pronunciou sobre a situação de negociações entre os jogadores do grupo. Ele tentou despistar sobre eventuais novas vendas de jogadores.

"Não dá para garantir nesse momento a venda ou não de jogadores. Mas não há proposta em andamento. Nenhum time consegue passar ileso a cinco ou seis perdas de jogadores", disse Guerra. O Grêmio folga na rodada do fim de semana por conta do adiamento do jogo contra o Botafogo e volta a campo contra o Corinthians no final de semana que vem, na Arena, na abertura do returno.