As Olimpíadas trazem atletas que precisam treinar duro para conseguirem a tão sonhada medalha de ouro. A diferença é que, enquanto muitos não têm a mínima estrutura para os treinos, outros faturam milhões. Wagner Domingos é um bom exemplo, pois desde muito cedo ele precisou se entregar por completo aos pesados treinos. No início era preciso viajar por quase uma hora de ônibus até chegar à academia onde os treinos eram feitos.

Para conseguir um bom rendimento, Wagner precisava treinar pelo menos duas vezes por dia, mas ele não tinha condições financeiras e nem tempo. Então, o jeito foi pensar em uma solução, e como ele é uma pessoa muito criativa, começou a utilizar um botijão vazio, pesando 17 quilos, e assim era possível fazer a simulação dos arremessos.

Publicidade
Publicidade

"Fiquei conhecido como o menino do botijão", conta o atleta com orgulho, sem sentir vergonha do passado difícil. E ele tem motivos de sobra para isto, já que nesta quarta-feira (17) ele conquistou algo inédito para o esporte no Brasil. Ao arremessar o martelo a uma distância de 74,17m, Wagner conseguiu uma vaga na final do martelo dos Jogos Olímpicos e está na disputa por uma medalha de ouro.

A prova será nesta sexta-feira, dia 19, mas independente do resultado, ele merece uma medalha, nosso reconhecimento por tanto esforço e a gratidão do país por, mesmo sem ter nenhum apoio, ter levado adiante o seu sonho e ter mostrado que, com determinação, garra e uma pitada de criatividade, é possível ir muito além do que se imagina.

Conhecido no atletismo como "Montanha", em junho ele conseguiu lançar o martelo a uma distância de 78,63m, ou seja, basta ele conseguir repetir o feito que será um forte candidato à medalha de ouro.

Publicidade

Na classificação para as #Olimpíadas no Rio de Janeiro, "Montanha" ficou à frente de grandes nomes, como Marcel Lomnick e até do ucraniano Yevhen Vynohradov.

Mas enquanto alguns atletas não contam com nenhum tipo de apoio, nem de empresas privadas nem do governo, outros faturam milhões, como o jogador Neymar que tem uma renda anual na casa dos 37,5 milhões de dólares, o que daria uma média de 9 milhões de reais por mês, fora o que ele ganha com "trabalhos extras", como publicidade, entre outras rendas alternativas.

Wagner Domingos já é medalha de ouro por mérito e, seja qual for o resultado, será um grande exemplo para nós brasileiros. #Rio2016