Algumas atitudes podem mudar o nosso dia, e também, o de quem as recebem. Vivemos em um mundo tão corrido e individualista que, quando presenciamos alguma atitude boa, ficamos encantados.

E foi o que aconteceu com a ciclista Kristin Armstrong, que, no final da prova de ciclismo dos jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, foi vítima de um pequeno incidente, ela precisou ser forte para continuar a prova e conquistar o tão sonhado ouro.  Seu nariz começou a sangrar, e acabou assuntando algumas pessoas que presenciavam a prova.

Ela foi a grande vencedora de Pequim, no ano de 2008, e também de Londres em 2012, e, prestes há comemorar 43 anos, foi a grande merecedora da medalha de ouro.  Com exatamente 44:26.42, Kristin conquistou o público e alcançou a linha de chegada,  questionando, com um ar de quem não acreditava no que estava acontecendo: “Eu consegui?”.

Publicidade
Publicidade

Muito surpresa e expressando grande canseira, ela se sentou no chão e recebeu os primeiros cuidados médicos.

O que mais emocionou foi quando seu pequeno filho Lucas, de apenas 5 anos, se mostrou preocupado com a sua mãe e chegou querendo cuidar dela e oferecendo um forte abraço, como se quisesse protegê-la de tudo e de todos.

Ele não deixou a mãe sozinha nem um minuto, até mesmo quando ela estava recebendo os cuidados médicos. Todos que lá estavam se emocionaram com a atitude carinhosa do pequeno garoto. “Ele é pequeno, mas sabe como cuidar e valorizar uma mulher, digamos que ele valorize a mulher mais importante de sua vida”, disse uma das pessoas que acompanhava a prova de ciclismo, outros já se apaixonaram pelo garotinho e falaram “queria levá-lo pra mim”. Essas atitudes são realmente lindas e difíceis de serem vistas no mundo em que vivemos hoje, e, quando partem de uma criança, elas se tornam ainda mais especiais.

Publicidade

A mãe do garoto não conseguiu esconder o orgulho e amor que sente pelo filho e fez questão de retribuir o abraço caloroso que recebeu e, logo depois, exibiu para o seu filho a medalha conquistada e dedicou sua vitória para ele.

Kristin é a primeira mulher americana que conquistou três medalhas de ouro no mesmo evento.

#Olimpíadas #Rio2016