Os ânimos se exaltaram, na rua, após a derrota do #Internacional por 1 a 0 contra o #Corinthians, próximo da zona do estádio. Tal como informa o “Globo Esporte”, sendo esse o nono jogo consecutivo em que o time não consegue vencer, e estando nesse momento no décimo terceiro posto do #Campeonato Brasileiro, membros da torcida do clube perderam a cabeça e resolveram usar a violência em um local próximo do estádio, lançando pedras e causando um cenário de destruição. Muito revoltados com os jogadores e a direção do Inter, os autores desse incidente apenas foram parados pela Brigada Militar, que usou bombas de efeito moral e gás pimenta.

Sendo um dos maiores clubes brasileiros, o Internacional sempre contou com uma das torcidas mais exigentes do Brasil, contudo, e depois de mais uma derrota surpreendente, essa exigência rapidamente se transformou em violência, protagonizando um episódio que em nada orgulha os brasileiros, que gostam de ir ver os jogos nos estádios.

Publicidade
Publicidade

Em um vídeo arrepiante, que demonstra bem o cenário de destruição provocado pela torcida do Inter, um grupo de torcedores se deslocou para a zona de acesso dos jogadores para se manifestar, garantindo que esse é um time “sem vergonha” e que um dos principais responsáveis para o atual estado do time é o seu presidente, Vitorio Piffero, que foi o principal alvo de todos os protestos dos que estavam presentes no local, tal como informou o portal “Globo Esporte”.

Foi  um gol de Elias, aos 42 minutos de jogo, que fez com que o Internacional ficasse pela nona vez consecutiva sem conhecer o sabor de uma vitória, sendo cada vez mais necessária dada a atual classificação do time. Nas redes sociais, muitos brasileiros condenam essas atitudes violentas e preocupantes da torcida do Inter, garantindo que é por momentos como esse que cada vez mais as famílias não se deslocam para ver uma partida de futebol do Campeonato Brasileiro, temendo que uma onde de violência possa acontecer a qualquer momento, por um motivo pouco explicável, tal como aconteceu ontem após o jogo entre o Inter e o Corinthians.

Publicidade

Vídeo arrepiante do incidente: