Após a vitória de 1 a 0 sobre o América-MG no último domingo, em Cariacica, no Espírito Santo, gol do centroavante Henrique Dourado, o #Fluminense se reapresentou nas Laranjeiras na manhã desta segunda e iniciou os seus preparativos para o seu próximo desafio no #Campeonato Brasileiro, quando irá ao Gigante do Arruda, no Recife, para encarar o Santa Cruz no domingo que vem, a partir das 16h (de Brasília).

Na volta aos trabalhos, o destaque ficou por conta de um jogo-treino, no qual os reservas derrotaram o Nova Iguaçu, equipe da Série B do Campeonato Carioca, por 2 a 1. Édson, de cabeça, abriu o placar para o Tricolor. Adriano, depois de jogada vindo do lado esquerdo, chegou a igualar a atividade, mas o apoiador Marquinho, o melhor dentro de campo, em bela cobrança de falta, definiu o marcador favorável para o time da casa.

Publicidade
Publicidade

Sob os olhares do técnico Levir Culpi, que ficou nas arquibancadas do estádio Manoel Schwartz, o Flu começou o jogo-treino assim escalado: Marcos Felipe, Julião, Edson, Henrique e Giovanni; Pierre, Marquinho, Danilinho e Aquino; Samuel e Magno Alves. Na segunda etapa, o time foi bastante modificado e encerrou com Marcos, Julião, Nogueira, Marlon Freitas e Ayrton; Edson, Dudu, Osvaldo, Aquino e Alexis Rojas; Richarlison.

Enquanto isso, os titulares fizeram apenas um regenerativo na academia do clube. O único ausente foi Welington. Submetido a uma intensa fisioterapia na semana passada para se recuperar de um entorse no tornozelo esquerdo, o atacante foi liberado pela diretoria.

De folga na terça, os jogadores só voltam a trabalhar na quarta, às 15h (de Brasília), nas Laranjeiras. Por terem recebidos, cada um, o terceiro cartão amarelo, Marcos Júnior e Cícero desfalcarão a equipe carioca no final de semana.

Publicidade

Por outro lado, o zagueiro Henrique, após cumprir a mesma suspensão, tem presença garantida.

Somando 28 pontos, o Fluminense deu uma melhorada na classificação do Brasileiro. No momento, está em nono lugar e pensa em manter a regularidade para tentar uma vaga no G-4, o que asseguraria presença na Taça Libertadores da América de 2017. #PaixãoPorFutebol