Depois de um longo período no futebol inglês, Wellington acertou o seu retorno ao Fluminense, clube onde foi formado em 2010, e desde então vem se tornando uma das principais peças do elenco dirigido por Levir Culpi. Em entrevista concedida ao site oficial do clube nesta quarta (24), momentos antes da reapresentação do elenco, marcada para as 15h (de Brasília), nas Laranjeiras, o jovem atacante fez questão de destacar o trabalho que está sendo realizado, tanto por parte da comissão técnica quanto pelos jogadores.

"Estou feliz com o trabalho bem feito. É seguir trabalhando porque no fim de semana tem o Palmeiras", resumiu o atleta, lembrando o confronto de domingo (28), às 16h (de Brasília), no Mané Garrincha, válido pela 21.ª rodada, a terceira do retorno do #Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Publicidade

Já tendo feito um gol em sua nova passagem pelo #Fluminense, o último da goleada de 3 a 0 sobre a Ponte Preta, no Giulite Coutinho, em Édson Passos, distrito de Mesquita, região metropolitana do Rio de Janeiro, Wellington fez parte de um pacotão de reforços trazidos pela equipe carioca no meio da temporada. Além dele, chegaram o lateral-esquerdo William Matheus, os meias Dudu, Marquinho (outro que volta do exterior), Claudio Aquino (argentino) e Alexis Rojas (paraguaio) e o centroavante Henrique Dourado. Esse investimento possibilitou que o time, anteriormente lutando contra o rebaixamento, passasse a sonhar com uma vaga no G-4 do Brasileirão e, consequentemente, ser um dos representantes nacionais na próxima edição da Taça Libertadores da América.

Vindo de uma sequência invicta de quatro jogos (três vitórias e um empate), o Flu chegou ao nono lugar, somando 31 pontos, enquanto o Flamengo, quarto colocado, conquistou, até o momento, 37 pontos.

Publicidade

O Tricolor, porém, devido aos Jogos Olímpicos, tem uma partida a menos em relação aos demais adversários, o que será cumprido no próximo dia 03 de setembro, quando enfrenta, em casa, a partir das 16h (de Brasília), o Figueirense, uma das equipes cujo objetivo é permanecer na Série A. #PaixãoPorFutebol