Na semana passada, mais precisamente no último dia 29 de agosto, o atacante Gabriel Barbosa, conhecido no cenário esportivo como Gabigol, assinou contrato com a Inter de Milão e foi apresentado ao clube italiano com pompa e circunstância. O centroavante da Seleção Olímpica Brasileira, que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do RJ, custou aos cofres da Inter cerca de 29 milhões de euros.

Recursos vindos em boa hora para sanar as combalidas finanças do Peixe que, recentemente, pagou aos seus jogadores dois meses de direito de imagem que estavam atrasados. Tudo parecia um final feliz para o jogador e o clube que o projetou.

Publicidade
Publicidade

No que diz respeito ao #Gabigol, este estaria realizando o sonho de atuar na Europa, num grande clube, de tradição, como é a Inter. Já para o #Santos era a oportunidade de colocar na conta uma boa quantia nesses tempos de "vacas magras."

Porém, surgiu um complicador que pode fazer com que a história não tenha um desfecho assim tão feliz para o Peixe e o jovem centroavante. E o entrave não é pequeno, trata-se do poderoso Barcelona da Espanha, um dos clubes mais ricos do mundo e que um dia foi sonho do próprio Gabigol. 

De acordo com a imprensa espanhola, o clube catalão pretende denunciar o Santos à FIFA pelo descumprimento de uma cláusula que daria direito de preferência para a equipe catalã numa negociação envolvendo o atacante Gabriel Barbosa. Um acerto entre o Barça e o clube brasileiro teria sido firmado ainda em 2013 quando da transferência de Neymar para a Espanha.

Publicidade

Ainda fariam parte desse acordo os jogadores Victor Andrade e Giva.

Pelo direito de preferência numa futura negociação envolvendo Gabigol, teria sido pago pelo Barcelona ao Santos em 2013 algo equivalente a 7 milhões e 900 mil euros. Por conta disso o clube espanhol se sente enganado e acredita que o Santos tenha agido de má fé.

Um representante do campeão espanhol informou que o clube só foi comunicado pelo Santos do acerto de Gabriel Barbosa, apenas dois dias antes de fechar a janela de transferência, não havendo assim tempo hábil para apresentar uma contraproposta. O Barcelona entende que o clube brasileiro já estava negociando com a Inter há bastante tempo e deveria ter comunicado os espanhóis com antecedência para que os espanhóis pudessem tomar as medidas que julgassem necessárias.  #FC Barcelona