A bela arena de Itaquera segue com sua sina de ser cemitério do Corinthians nos jogos decisivos. Desta vez, quem sofreu com essa triste sina foi a equipe sub-20 do Timão, que dependia apenas de um empate sem gols para ser campeão brasileiro da categoria, mas viu o Botafogo vencer por 2 a 0, na noite desta terça-feira (20 de setembro) e fazer a festa na Zona Leste paulistana.

O alvinegro até deu uma mostra inicial de que teria um destino melhor. Aos cinco minutos Léo Jabá lançou Lauder, que disputou com o zagueiro Marcelo e mandou para o gol. Mas o juiz considerou irregular a jogar, assinalando falta do atacante corintiano.

Publicidade
Publicidade

E, para desespero dos 11.425 torcedores alvinegros presentes na arena, aos 45 minutos do primeiro tempo o #Botafogo chegou o seu primeiro gol. Gustavo Bochecha deu um lindo passe para Yuri, que ajeitou a bola, pôs na frente e bateu e, com a ajuda de um corta-luz feito por Matheus, venceu o goleiro Filipe.

O gol silenciou o estádio e foi um banho de água fria no moral alvinegro. “Sabíamos que seria complicado jogar aqui dentro. Combinamos de fechar atrás e sair na boa. Conseguimos no primeiro tempo e no segundo não vai ser diferente”, profetizou Yuri no intervalo da partida. Já Léo Jabá, do Timão, lamentou as falhas de sua equipe. “A gente sabe que em final não pode errar, e erramos. Criamos a maioria das oportunidades. Temos que aproveitar”, analisou Léo Jabá no intervalo da partida.

No segundo tempo, o #Corinthians continuou em cima, buscando o resultado.

Publicidade

Mas o Botafogo esperava, prendeu a bola e tentou aproveitar os espaços. A chance do time do Rio veio aos 27 minutos. Marcinho cobrou falta pelo lado esquerdo e o zagueiro Kanu se estica para desviar a bola que rumou certeira no canto e deu números finais à partida. E quando tudo já parecia consumado, um pênalti marcado aos 45 minutos do segundo tempo deu chances ao Bota ampliar o resultado. Mas Gustavo Bochecha cobrou para fora. No entanto, já não fazia diferença. Assim, o Botafogo pode comemorar pela primeira vez o título da competição que, de 2006 a 2014, foi organizado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e que, desde o ano passado, está sob responsabilidade da Confederação Brasileira de Futebol. #Brasileiro sub 20