Depois de ter feito um desabafo na internet por ser criticada pela campanha a favor das Paralimpíadas que começam hoje, dia 7 de setembro, no Rio de Janeiro, a atriz Cléo Pires decidiu sair pelas ruas da Cidade Maravilhosa com a Tocha Paralímpica. O circuito com o símbolo representativo dos jogos que privilegiam pessoas com deficiência teve a atriz como parte de seu time de homenageados, já que ela continua "encabeçando" a campanha oficial pela diversidade de corpos e atletas.

Empenhada com a causa pró-inclusão, Cléo deu entrevista e postou uma foto em seu Instagram falando a respeito da emoção que sentiu ao correr com a tocha pela cidade, o circuito desta quarta-feira.

Publicidade
Publicidade

"A chama olímpica acesa no Rio de Janeiro simboliza a paixão. E é isso que eu sinto hoje tendo a oportunidade de carregar a tocha na minha cidade em nome dos jogos paralímpicos mais concorridos de todos os tempos! Estão preparados para mais 10 dias unidos vibrando pelos nossos atletas?! Vem que tem", escreveu a atriz em sua rede social.

Cléo foi escolhida ao lado de Paulinho Vilhena como embaixadora dos Jogos Paralímpicos. Para representar a competição, ambos têm ido a eventos promocionais e também estarão na abertura dos jogos, acompanhando tudo. Ainda não se sabe se haverá alguma apresentação da dupla no show de abertura, que começa às 22h.

Críticas pesadas

Apesar de demonstrar apoio à causa e ter se explicado para a internet e fãs porque fez uma foto em que depois foi "apagado" o seu braço, Cléo não foi bem recebida nas redes sociais beijando a Tocha Paralímpica.

Publicidade

Em diversos sites de notícia que divulgaram a imagem, pessoas a estão criticando por continuar na campanha.

Uma mulher que se diz deficiente física escreveu: "Essa Cleo Pires é ridícula. Só quer aparecer de bonitona. É feio fazer isso. Por que não usar pessoas deficientes de verdade? Nós existimos!!!", postou a internauta.

Outro homem, que postou que tem dificuldade motora, relatou que não se sentiu desprivilegiado por ver a atriz não deficiente na campanha publicitária. "Imagine se tivessem que matar o ator pra representar alguém que já morreu??? Ela tá certa", disse. #paralimpìadas #Famosos #Rio2016