A diretoria tricolor já recebeu carta branca do presidente do time Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para ir ao mercado em busca de reforços ao elenco comandado por Ricardo Gomes.

A regra que não permite que um jogador que tenha disputado mais de seis partidas na Séria A do #Campeonato Brasileiro entre em campo, no mesmo torneio, por outro clube, reduz de forma drástica as opções de contratações de reforços para o tricolor que, assim, está tendo de analisar possibilidades de acertar vínculos com jogadores que competem no Sub-20 em suas agremiações ou mesmo os que concorrem na categoria de acesso à elite do Brasileirão, a Série B.

É o caso do meia Jean Carlos que estava no Vila Nova, de Goiás, e que celebrou acordo com o time do Morumbi para permanecer na capital paulista até, pelo menos, o fim do próximo Campeonato Paulista.

Publicidade
Publicidade

O jogador esteve no CT da Barra Funda neste sábado (3) e realizou exames médicos para poder assinar seu contrato no início da semana quando, então, já poderá treinar com seus novos companheiros.

Dos direitos econômicos do meio-campista o São Paulo negociou a compra de 40%, cerca de R$ 600 mil. Porém, a assinatura do acerto vai ocorrer em regime de empréstimo até o fim da competição pelo campeonato estadual de 2017. Se cair nas graças da torcida, da diretoria tricolor e, principalmente, da comissão técnica, poderá ter sua permanência no Soberano prorrogada.

As saídas de peças importantes ao elenco do então técnico Edgardo Bauza abriram uma brecha muito grande e trouxeram prejuízos evidentes ao time todo do São Paulo, especialmente ao meio de campo. Além do artilheiro da Copa Libertadores da América 2017, Jonathan Calleri, e de seu substituto direto, Alan Kardec; o tricolor perdeu o fundamental Paulo Henrique Ganso, o famigerado Maestro, responsável direto pela qualidade da equipe nas ligações entre zaga e ataque.

Publicidade

Essa ausência de um meia armador eficiente fizeram com que a diretoria tricolor, acusada por membros da torcida Independente de ser culpada pelo desmanche do São Paulo e de promover corrupção com as negociações realizadas nos últimos meses, tratasse de buscar logo alguém que pudesse suprir a principal deficiência no setor.

Na segunda divisão do Campeonato Goiano 2016, Jean Carlos cedeu oito assistências em culminaram em gols e também anotou três tentos.

Além do ex-vilanovense, o São Paulo ainda tenta concretizar a negociação com o meia-atacante Marquinhos, atualmente no Internacional e que está fora dos planos do técnico Celso Roth.

Entretanto, a vinda do atleta do Colorado pode não acontecer devido à uma lesão que ele tem na coxa. Apesar de não ser considerada grave, os dirigentes do tricolor preferem esperar pelos resultados dos exames realizados nesta sexta-feira (2) para saber a gravidade do problema e, então, decidirem pela contratação ou pela desistência na transferência do jogador para o Morumbi.

Publicidade

Dependendo do diagnóstico, Marquinhos poderá precisar de um longo período de recuperação e o São Paulo, como é sabido, não tem tempo para aguardar mais nada nesta temporada.

Na 11ª posição na tabela do Brasileirão, com 28 pontos, o time paulista precisa se afastar da zona de rebaixamento da competição que tem, exatamente, o Internacional como primeiro integrante, com 24 pontos, na 17ª colocação.

Nesta quarta-feira (7), o tricolor vai enfrentar o líder Palmeiras na Arena Allianz Parque. Os alviverdes tem 43 pontos, três a mais do que o segundo colocado, o Flamengo, e 15 a mais do que o São Paulo. A partida está marcada para começar às 21h45. #São Paulo FC #PaixãoPorFutebol