A goleada do #Corinthians sobre o Sport na ultima quinta-feira rendeu vários elogios para a equipe comandada por Cristóvão Borges. Mas essa partida foi de grande importância para o lateral-direito, Léo Príncipe, que marcou seu primeiro gol como jogador profissional. Aos poucos, o Corinthians está aproveitando a base, e isso é visto com bons olhos pelos torcedores corintianos e pela imprensa.

De fato, o Corinthians está voltando a aproveitar os jogadores mais jovens do elenco, assim, o atacante Claudinho, que foi emprestado para o Bragantino, já fala em retornar ao Timão. Contudo, o jovem atacante de 19 anos, ressalta que ainda tem muito a fazer pelo clube de Bragança Paulista.

Publicidade
Publicidade

Mas o que ele deseja realmente, é conseguir mais experiência no Braga, já que, no Corinthians, a cobrança será muito forte.

No início do ano, Claudinho ainda disputou a Copa São Paulo de #Futebol Júnior, onde o Timão ficou como vice-campeão, perdendo para o Flamengo na final. Em seguida, ele foi promovido para a equipe profissional, mas, após ganhar poucas oportunidades, acabou deixando o clube e acertou com o Bragantino por empréstimo, com um vínculo válido até o final desta temporada.

Agora disputando a série B do #Campeonato Brasileiro, o jovem atacante ainda não conseguiu balançar as redes, mas esse fato não o faz abaixar a cabeça. Há cerca de três meses, o atleta está no Braga, contudo, antes titular, agora segue no banco de reservas.

Quando chegou ao Bragantino, Claudinho foi bem recebido e logo se firmou como titular.

Publicidade

Mas o jogador teve momentos de oscilação, assim, acabou se tornando reserva da equipe que é comandada por Marcelo Veiga. Antes de voltar para o Timão, ele deixou bem claro que quer retomar a boa fase e conseguir uma vaga entre os titulares.

Ao contrário de Léo Príncipe, que é cria do clube de Parque São Jorge, o atacante Claudinho foi revelado pelo Santos e chegou em 2015, para reforçar a categoria sub-20 do Corinthians. O técnico Tite foi o responsável por promover o atleta para a equipe principal, mas só atuou por cinco minutos na partida contra o Linense, que era válida pelo Paulistão. Agora ele está no Bragantino e espera por dias melhores.