Triste notícia para rubro-negros e tricolores de Manaus. Temendo um forte desgaste de seu elenco, o #Flamengo vetou, na manhã desta segunda, a possibilidade de enfrentar o Fluminense no clássico do próximo dia 12 de outubro, às 16h (de Brasília), válido pelo #Campeonato Brasileiro, na Arena da Amazônia. Mesmo sendo visitante no duelo, a agremiação da Gávea precisava ser consultada para o jogo ser levado para a capital do Amazonas.

Segundo a palavra oficial do Flamengo, o clube, além do Brasileirão, também foca a disputa da Copa Sul-Americana e uma longa viagem atrapalharia o planejamento elaborado tanto pela comissão técnica quanto por parte da diretoria.

Publicidade
Publicidade

Como o Maracanã só vai estar á disposição depois da data do clássico, surge a possibilidade de ele acontecer no Engenhão, que será liberado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) no final de setembro. Para isso, existe a necessidade de haver um acordo com o Botafogo, clube proprietário do estádio e com quem a dupla Fla-Flu não tem um bom relacionamento.

Um fato, porém, pode levar a partida para um local inusitado. Na próxima quinta, o Flamengo saberá se o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acata o seu pedido de considerar a partida do último sábado, em Salvador, contra o Vitória-BA, como a primeira das três que deveria atuar sem torcida por conta da briga ocorrida no confronto diante do Palmeiras, em Brasília, no primeiro turno da Série A. Caso o seu pedido seja vetado, o Rubro-Negro pode ter que enfrentar o Tricolor no estádio Giulite Coutinho, em Édson Passos.

Publicidade

Em segundo lugar com 46 pontos, o Flamengo tem a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro na próxima quarta, às 21h45 (de Brasília), quando irá ao Allianz Parque, em São Paulo, encarar o líder Palmeiras, que está a apenas um ponto à frente do "Mais Querido". Já o #Fluminense, que, somando 34 pontos, ainda sonha com um lugar no G-4 e, consequentemente, estar na Taça Libertadores da América de 2017, entra em campo nesta segunda, em Édson Passos, recebendo, a partir das 20h (de Brasília), o Atlético-MG.